Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 16/04/2018 às 05:18:00
Vereador acusado de cobrar propina para aprovação de mudanças de zoneamentos em Londrina vai ser defender em sessão da Câmara
Rony Alves ganhou na justiça o direito de ir ao plenário se defender das acusações para que uma Comissão Processante não seja aberta contra ele.
Vereador acusado de cobrar propina para aprovação de mudanças de zoneamentos em Londrina vai ser defender em sessão da Câmara

Na sessão da Câmara de vereadores dessa terça-feira, dia 17, os parlamentares vão votar se instalam uma Comissão Processante para julgar o presidente afastado da Casa, Mário Takahashi, e o vereador Rony Alves. São necessários treze votos para a instalação da CP e a presença de no mínimo treze parlamentares na sessão.

Para a sessão o vereador Rony Alves, conseguiu na justiça o direito de ir a plenário e se defender antes mesmo do início de votação da CP, que pode cassar o mandato do vereador afastado.

Os vereadores Rony e Takahashi são acusados de integrarem um grupo que cobrava propina para aprovação de mudanças de zoneamentos em Londrina. Desde o final de janeiro desse ano, ambos estão cumprindo determinações restritivas da justiça entre elas uso de tornozeleira eletrônica, quando foi deflagrada a Operação ZR3 – Zona Residencial III, coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado - Gaeco.

De acordo com o advogado Maurício Carneiro, que defende Rony, o vereador afastado vai usar os mesmos argumentos já apresentados à justiça em defesa preliminar, entre elas que, os projetos de alteração de zoneamento não apresentavam irregularidades. 

De acordo com Michel Neto Neme, advogado que defende o vereador Mario Takahashi, um pedido foi feito à justiça para que Takahashi tenha o mesmo direito de se defender no plenário antes da CP ser aberta, mas até o fechamento desta edição a justiça ainda não havia respondido ao pedido da defesa.

A sessão terá início as 2h da tarde desta terça-feira.

Veja também
16/08/2018
Sem a liberação do uso do glifosato, como herbicida, produtores do Paraná devem sentir perdas exorbitantes na safra 2018/2019
A justiça determinou a suspensão temporária do agroquímico em todo o País e causou espanto no setor do agronegócio.
16/08/2018
Polícia faz blitz em ônibus em que passageiros não pagavam o transporte e ainda ameaçavam motoristas
20 pessoas foram levadas para a delegacia entre elas 12 adolescentes.
16/08/2018
Campanha estadual alerta sobre descarte correto de medicamentos vencidos ou fora de uso
Mobilização vai durar dois meses e envolve consumidores, donos de farmácias e indústria. Serão 250 pontos de coleta em 92 cidades do estado.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.