Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/01/2018 às 15:18:00
Uber pode ser regulamentado em Londrina até março
Autor do projeto na Câmara Municipal disse que não irá esperar deliberação do Congresso Nacional, que discute o mesmo tema.
Uber pode ser regulamentado em Londrina até março

O projeto de regulamentação do Uber em Londrina, apresentado pelo vereador Rony Alves, do PTB, no início de 2017, deve voltar à pauta de discussões após o recesso da Câmara, no dia 5 de fevereiro. O autor da proposta adiantou que não irá aguardar mais o resultado do debate no Congresso Nacional, sem previsão para aprovar o texto.

Em Londrina, motoristas que utilizam o aplicativo e a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização, CMTU, definiram as taxas se a regulamentação for sacramentada. Segundo o acordo, os condutores deverão pagar R$ 42 pela vistoria anual e R$ 221 pelo licenciamento. A Câmara até ensaiou a convocação de algum representante da Uber, que não atendeu o chamado.

Por causa das eleições nacionais, Alves acredita que os deputados sequer irão prosseguir com a regulamentação do Uber em 2018.

Com o retorno à pauta em fevereiro, a expectativa é que o projeto possa ser apreciado em segundo turno em até 45 dias.

Nesta semana, um motorista do Uber ganhou direito de exercer a função após sentença do Tribunal de Justiça. Além disso, ele não poderá mais ser multado pela CMTU. Por meio da assessoria de imprensa, a companhia informou que “está ajuizando todas as ações nos processos judiciais”.

O advogado Eduardo Caldeira, que enviou recurso ao TJ, acredita que esta seja a primeira decisão favorável em segunda instância aos condutores que utilizam o aplicativo em Londrina. 

Veja também
18/06/2018
Instituto de Pesos e Medidas fiscaliza radares móveis da CMTU
Fiscalização do órgão também vistoriou tacógrafos de mais de 300 caminhões, ônibus e vans, e dez motoristas foram multados.
18/06/2018
Suspeita de vantagem indevida para licença de pontos de food trucks leva vereador a questionar fiscalização pela prefeitura de Londrina
Denuncias chegaram a Câmara pelos próprios empresários do setor que não entendem como algumas pessoas passam à frente da lista de vagas da CMTU.
18/06/2018
Receita Estadual entrega documentação ao Ministério Público para apurar abusos nos reajustes dos combustíveis durante a greve dos caminhoneiros
Os donos de postos podem responder por crime contra a economia popular e as relações de consumo.
18/06/2018
Projeto nacional da Serasa traz caminhão itinerante para Londrina
Cidade tem quase um terço da população com algum tipo de inadimplência, número acima da média nacional. No caminhão, consumidor tem acesso a serviços como consulta do CPF, pontuação de crédito e o chamado Cadastro Positivo.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.