Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 14/05/2018 às 18:44:00
Tribunal Superior Eleitoral libera vaquinhas online para campanha eleitoral
Pré-candidatos já podem arrecadar recursos pelo financiamento coletivo, mas só podem usar dinheiro após o início oficial da campanha, no dia 15 de agosto.
Tribunal Superior Eleitoral libera vaquinhas online para campanha eleitoral

As empresas ou entidades aprovadas pelo Tribunal Superior Eleitoral já podem começar a arrecadação de recursos para campanhas eleitorais pelo financiamento coletivo. É que o Tribunal Superior Eleitoral abriu nesta terça-feira, 15, a arrecadação antecipada das doações de pessoas físicas para as chamadas vaquinhas online ou crowdfunding como também são conhecidas.

As eleições deste ano vão ser as primeiras a contar com esse modelo oficial de arrecadação. Mas, a liberação e o repasse dos valores aos pré-candidatos só poderão ser feitos se eles também tiverem cumprido alguns requisitos definidos pelo Tribunal, como o registro de candidatura, inscrição no CNPJ e abertura de conta bancária específica.

O advogado especialista em Direito Eleitoral e fundador do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral, Guilherme Gonçalves, afirma que os parâmetros definidos na lei para todos os tipos de doações, como o limite do valor doado e a necessidade de identificação do doador pelo CPF, entre outros pontos, permanecem para o financiamento coletivo.

A mudança na lei foi aprovada na reforma eleitoral de 2017 e as regras para as doações definidas por uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral de fevereiro desse ano. Entre as regras está a que determina que as informações devem ser publicadas em um site e atualizadas a cada nova doação. O doador também deve receber da instituição um recibo informando sobre as taxas cobradas para o serviço. As doações podem ser feitas por cartão de crédito.

Pela nova legislação, pré-candidatos a qualquer um dos cargos em disputa poderão arrecadar, mas não poderão gastar os recursos até o início oficial da campanha, no dia 15 de agosto. Já existem várias vaquinhas online funcionando para as eleições desse ano. Muitos pré-candidatos e partidos têm optado por contratar empresas para fazer esse serviço.

O especialista em direito eleitoral avalia que a novidade pode ser um fator positivo, de desenvolvimento político, potencializando candidatos de menor poder econômico e cita dois exemplos: um aqui no Brasil e outro fora do país, já há 10 anos.

As habilitações de entidades interessadas em fazer financiamento coletivo começaram no dia 30 de abril e vão até agosto. Das 39 empresas que se cadastraram até a sexta-feira passada, 20 já receberam a autorização do TSE para operar.

Veja também
25/05/2019
Audiência Pública para discutir novo edital do transporte coletivo de Londrina tem baixa participação popular
Diretor de Transporte da CMTU diz que tarifa prevista no primeiro certame, não vale mais e que preço da passagem deve ficar próximo do atual, R$ 4,25.
24/05/2019
Mãe de Eduarda fala sobre a morte da filha e divulga arquivos da família, a garota de 11 anos foi estrangulada e assassinada, o pai é suspeito de cometer o crime
A ação ocorreu há um mês, o corpo da menina foi encontrado enterrado e amarrado nos fundos de uma propriedade do pai.
24/05/2019
Fim da obra na avenida Faria Lima fica para setembro
A empresa alegou dificuldade para terminar o serviço por conta da chuva e pediu um aditivo de mais quatro meses.
24/05/2019
ACIL afirma que vai recorrer da decisão que a obriga devolver R$ 500 mil para a prefeitura de Londrina
A entidade foi condenada pela justiça no caso da campanha LondriNatal de 1999.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.