Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 14/05/2018 às 18:44:00
Tribunal Superior Eleitoral libera vaquinhas online para campanha eleitoral
Pré-candidatos já podem arrecadar recursos pelo financiamento coletivo, mas só podem usar dinheiro após o início oficial da campanha, no dia 15 de agosto.
Tribunal Superior Eleitoral libera vaquinhas online para campanha eleitoral

As empresas ou entidades aprovadas pelo Tribunal Superior Eleitoral já podem começar a arrecadação de recursos para campanhas eleitorais pelo financiamento coletivo. É que o Tribunal Superior Eleitoral abriu nesta terça-feira, 15, a arrecadação antecipada das doações de pessoas físicas para as chamadas vaquinhas online ou crowdfunding como também são conhecidas.

As eleições deste ano vão ser as primeiras a contar com esse modelo oficial de arrecadação. Mas, a liberação e o repasse dos valores aos pré-candidatos só poderão ser feitos se eles também tiverem cumprido alguns requisitos definidos pelo Tribunal, como o registro de candidatura, inscrição no CNPJ e abertura de conta bancária específica.

O advogado especialista em Direito Eleitoral e fundador do Instituto Paranaense de Direito Eleitoral, Guilherme Gonçalves, afirma que os parâmetros definidos na lei para todos os tipos de doações, como o limite do valor doado e a necessidade de identificação do doador pelo CPF, entre outros pontos, permanecem para o financiamento coletivo.

A mudança na lei foi aprovada na reforma eleitoral de 2017 e as regras para as doações definidas por uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral de fevereiro desse ano. Entre as regras está a que determina que as informações devem ser publicadas em um site e atualizadas a cada nova doação. O doador também deve receber da instituição um recibo informando sobre as taxas cobradas para o serviço. As doações podem ser feitas por cartão de crédito.

Pela nova legislação, pré-candidatos a qualquer um dos cargos em disputa poderão arrecadar, mas não poderão gastar os recursos até o início oficial da campanha, no dia 15 de agosto. Já existem várias vaquinhas online funcionando para as eleições desse ano. Muitos pré-candidatos e partidos têm optado por contratar empresas para fazer esse serviço.

O especialista em direito eleitoral avalia que a novidade pode ser um fator positivo, de desenvolvimento político, potencializando candidatos de menor poder econômico e cita dois exemplos: um aqui no Brasil e outro fora do país, já há 10 anos.

As habilitações de entidades interessadas em fazer financiamento coletivo começaram no dia 30 de abril e vão até agosto. Das 39 empresas que se cadastraram até a sexta-feira passada, 20 já receberam a autorização do TSE para operar.

Veja também
17/07/2018
Sem chuva há mais de um mês, Londrina entra em estado de atenção por conta da baixa umidade relativa do ar
Índice está bem abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Com tempo seco, cuidado com a saúde precisa ser redobrado.
17/07/2018
Após divulgação de conversa, advogados de defesa da Comissão Processante da ZR3 pedem investigação contra vereador Filipe Barros
Mensagens mostram que assessor do parlamentar sabia que Rony Alves e Mário Takahashi iriam ser alvos de operação do Ministério Público meses antes de caso vir à tona.
17/07/2018
Mudanças na Lei Estadual de Inovação podem ajudar Londrina a se tornar grande polo de tecnologia
Cidade é a principal do estado na criação de startups, que, depois das alterações, terão mais meios pra captação de recursos e investimentos.
16/07/2018
Ação Civil Pública quer retorno da educação integral para crianças de quatro anos da rede municipal
Ministério Público argumenta que mudança foi um retrocesso, já que retirou direitos já garantidos à população.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.