Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/01/2018 às 17:35:00
Três presos em regime semiaberto em Londrina não retornaram após indulto de Natal e Ano Novo
Segundo diretor do Creslon, quem não cumpriu com o prazo para voltar à unidade perde automaticamente o benefício.
Três presos em regime semiaberto em Londrina não retornaram após indulto de Natal e Ano Novo

Dos 198 presos incluídos no indulto de Natal e Ano Novo em Londrina, 195 voltaram para o Centro de Reintegração Social, o Creslon, antigo 2º Distrito Policial. O prazo dado pela Justiça para o retorno terminou no dia 10 de janeiro. Os três detentos que descumpriram a norma perderão automaticamente o benefício e passarão a cumprir a pena em regime fechado.

Desde a criação do Creslon, o número de presos que desobedecem o período do indulto tem diminuído nos últimos anos, como informou o diretor do órgão, Maurício Sanches.

Sanches disse que o benefício de saída para as festas de fim de ano só é aplicada para os condenados que estão há mais de 90 dias no Creslon, que atende 305 pessoas atualmente.

Quem não voltou ao Creslon passa a ser considerado foragido da Justiça, que emite os mandados de prisão.

No Paraná, mais de 1700 presos do semiaberto tiveram direito a passar o Natal e Ano Novo com suas famílias. 

Veja também
18/06/2018
Instituto de Pesos e Medidas fiscaliza radares móveis da CMTU
Fiscalização do órgão também vistoriou tacógrafos de mais de 300 caminhões, ônibus e vans, e dez motoristas foram multados.
18/06/2018
Suspeita de vantagem indevida para licença de pontos de food trucks leva vereador a questionar fiscalização pela prefeitura de Londrina
Denuncias chegaram a Câmara pelos próprios empresários do setor que não entendem como algumas pessoas passam à frente da lista de vagas da CMTU.
18/06/2018
Receita Estadual entrega documentação ao Ministério Público para apurar abusos nos reajustes dos combustíveis durante a greve dos caminhoneiros
Os donos de postos podem responder por crime contra a economia popular e as relações de consumo.
18/06/2018
Projeto nacional da Serasa traz caminhão itinerante para Londrina
Cidade tem quase um terço da população com algum tipo de inadimplência, número acima da média nacional. No caminhão, consumidor tem acesso a serviços como consulta do CPF, pontuação de crédito e o chamado Cadastro Positivo.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.