Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/03/2019 às 18:16:00
Trabalho em campo de empresa Junior traz resultados sobre os pontos de arborização urbana de Londrina
Com o projeto é possível identificar quais árvores estão comprometidas e quais pontos precisam de rearborização.
Trabalho em campo de empresa Junior traz resultados sobre os pontos de arborização urbana de Londrina

O trabalho realizado no final do ano passado por uma empresa Junior englobada na Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR gerou resultados importantes e positivos para a cidade.

Por meio do projeto a prefeitura de Londrina agora tem um mapeamento de 41 mil pontos de árvores em Londrina. São pontos em que há falta de árvores no centro de Londrina e nas principais avenidas, além de pontos em que existem as árvores, quais estão comprometidas e quais devem ser substituídas.

Para o “inventário de arborização urbana” foram investidos R$ 50 mil na contratação dos trabalhos oferecidos pela empresa Junior, recursos esses do Fundo Municipal do Meio Ambiente – FMMA.

De acordo com o gerente de projetos e análise ambiental da Secretaria Municipal do Ambiente – Sema, Thiago Augusto Domingos, o trabalho permite que o município tenha acesso aos espaços urbanos vagos para o plantio de árvores e a qualidade das árvores, englobando se estão comprometidas ou não.

A partir de agora serão feitos os trabalhos dentro da SEMA de acordo com o que o mapeamento oferece de informações.

Ainda de acordo com Thiago Augusto, o mapeamento não contempla os fundos de vale, mas com esses dados é possível dar continuidade ao trabalho de rearborização do município e otimizar a qualidade do controle técnico e gestão dos serviços ambientais.

O projeto faz parte de um dos 12 nichos que o Programa Municipal de Incentivo ao Verde – Proverde tem que estudar na cidade.

Veja também
18/03/2019
Câmara dá explicações sobre o pedido do MP em suspender sessão de julgamento dos vereadores afastados Rony Alves e Mario Takahashi
Foram feitos questionamentos ao MP sobre possíveis procedimentos adotados pela Casa. Prazo de 10 dias para anular a sessão está suspenso.
18/03/2019
Movelpar 2019 aposta no mercado externo para ampliar vendas
Em sua 12ª edição, Feira traz a Arapongas 120 indústrias expositoras e 30 importadores de 11 países. Expectativa é receber mais de 35 mil pessoas nos quatro dias.
18/03/2019
Falta do feijão altera cardápio da merenda na rede municipal Londrina
O grão está mais caro e empresa que fornece os produtos está com dificuldade de fazer a compra e a distribuição nas escolas e creches.
18/03/2019
Justiça condena viúva de José Janene em processo do Mensalão. Além dela, mais sete pessoas foram indiciadas
O ex-deputado, que morreu em 2010, foi o protagonista da primeira ação da operação Lava Jato.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.