Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/03/2019 às 20:03:00
Suposto envolvimento de servidores em incêndio criminoso na Fazenda Refúgio ainda não foi analisado pela Corregedoria do município
O local que armazenava resíduos de árvores retirados das ruas foi alvo de vandalismo no início do mês passado.
Suposto envolvimento de servidores em incêndio criminoso na Fazenda Refúgio ainda não foi analisado pela Corregedoria do município

A Corregedoria da prefeitura de Londrina recebeu a denuncia sobre a possível participação de servidores da Sema - Secretaria do Ambiente no incêndio criminoso ocorrido na Fazenda Refúgio, região leste de Londrina, no início do mês passado.

O pedido de investigação por parte da Secretaria do Ambiente foi feito depois de uma denuncia de moradores da região de que a atuação de próprios técnicos do depósito teria contribuído para que o incêndio se alastrasse.

De acordo com o Corregedor Geral, Alexandre Trannin, a investigação ainda não começou, já que existe uma ordem de procedimentos encaminhados para análise. Esse processo que completa hoje um mês que foi protocolado na Câmara ainda não entrou em análise.

Trannin preferiu não gravar entrevista sem que faça a análise do processo e nem soube informar quando o tramite será iniciado.

O incêndio ocorreu na área utilizada para depósitos de galhos e troncos de árvores retirados das ruas de Londrina. Essa não foi a primeira vez que um incêndio ocorre no lugar com os resíduos das árvores.

Desde o incêndio a SEMA, a CMTU e representantes da Guarda Municipal aumentaram a segurança no local e evitar ações de vândalos. A primeira medida adotada foi de fechar um dos acessos da Fazenda Refúgio.

A promessa é a instalação de câmeras de monitoramento para coibir ação de vândalos. Outra medida adotada foi o pedido da abertura de uma licitação de uma máquina que deve triturar os resíduos das árvores.  

Nossa reportagem tentou gravar entrevista com o Secretário de Ambiente, José Roberto Behrend, para saber do andamento das ações de segurança na Fazenda Refúgio, mas até o fechamento dessa edição ele não havia nos retornado.

Veja também
25/05/2019
Audiência Pública para discutir novo edital do transporte coletivo de Londrina tem baixa participação popular
Diretor de Transporte da CMTU diz que tarifa prevista no primeiro certame, não vale mais e que preço da passagem deve ficar próximo do atual, R$ 4,25.
24/05/2019
Mãe de Eduarda fala sobre a morte da filha e divulga arquivos da família, a garota de 11 anos foi estrangulada e assassinada, o pai é suspeito de cometer o crime
A ação ocorreu há um mês, o corpo da menina foi encontrado enterrado e amarrado nos fundos de uma propriedade do pai.
24/05/2019
Fim da obra na avenida Faria Lima fica para setembro
A empresa alegou dificuldade para terminar o serviço por conta da chuva e pediu um aditivo de mais quatro meses.
24/05/2019
ACIL afirma que vai recorrer da decisão que a obriga devolver R$ 500 mil para a prefeitura de Londrina
A entidade foi condenada pela justiça no caso da campanha LondriNatal de 1999.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.