Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/03/2019 às 20:03:00
Suposto envolvimento de servidores em incêndio criminoso na Fazenda Refúgio ainda não foi analisado pela Corregedoria do município
O local que armazenava resíduos de árvores retirados das ruas foi alvo de vandalismo no início do mês passado.
Suposto envolvimento de servidores em incêndio criminoso na Fazenda Refúgio ainda não foi analisado pela Corregedoria do município

A Corregedoria da prefeitura de Londrina recebeu a denuncia sobre a possível participação de servidores da Sema - Secretaria do Ambiente no incêndio criminoso ocorrido na Fazenda Refúgio, região leste de Londrina, no início do mês passado.

O pedido de investigação por parte da Secretaria do Ambiente foi feito depois de uma denuncia de moradores da região de que a atuação de próprios técnicos do depósito teria contribuído para que o incêndio se alastrasse.

De acordo com o Corregedor Geral, Alexandre Trannin, a investigação ainda não começou, já que existe uma ordem de procedimentos encaminhados para análise. Esse processo que completa hoje um mês que foi protocolado na Câmara ainda não entrou em análise.

Trannin preferiu não gravar entrevista sem que faça a análise do processo e nem soube informar quando o tramite será iniciado.

O incêndio ocorreu na área utilizada para depósitos de galhos e troncos de árvores retirados das ruas de Londrina. Essa não foi a primeira vez que um incêndio ocorre no lugar com os resíduos das árvores.

Desde o incêndio a SEMA, a CMTU e representantes da Guarda Municipal aumentaram a segurança no local e evitar ações de vândalos. A primeira medida adotada foi de fechar um dos acessos da Fazenda Refúgio.

A promessa é a instalação de câmeras de monitoramento para coibir ação de vândalos. Outra medida adotada foi o pedido da abertura de uma licitação de uma máquina que deve triturar os resíduos das árvores.  

Nossa reportagem tentou gravar entrevista com o Secretário de Ambiente, José Roberto Behrend, para saber do andamento das ações de segurança na Fazenda Refúgio, mas até o fechamento dessa edição ele não havia nos retornado.

Veja também
18/03/2019
Câmara dá explicações sobre o pedido do MP em suspender sessão de julgamento dos vereadores afastados Rony Alves e Mario Takahashi
Foram feitos questionamentos ao MP sobre possíveis procedimentos adotados pela Casa. Prazo de 10 dias para anular a sessão está suspenso.
18/03/2019
Movelpar 2019 aposta no mercado externo para ampliar vendas
Em sua 12ª edição, Feira traz a Arapongas 120 indústrias expositoras e 30 importadores de 11 países. Expectativa é receber mais de 35 mil pessoas nos quatro dias.
18/03/2019
Falta do feijão altera cardápio da merenda na rede municipal Londrina
O grão está mais caro e empresa que fornece os produtos está com dificuldade de fazer a compra e a distribuição nas escolas e creches.
18/03/2019
Justiça condena viúva de José Janene em processo do Mensalão. Além dela, mais sete pessoas foram indiciadas
O ex-deputado, que morreu em 2010, foi o protagonista da primeira ação da operação Lava Jato.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.