Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/03/2019 às 19:51:00
Secretário de Defesa Social assume cargo com discurso de mudança e reestruturação
Prefeito garante verba de R$ 1 milhão para investimentos na corporação e diz que projetos de sucesso, como a patrulha Maria da Penha e a Lei Seca estão mantidos.
Secretário de Defesa Social assume cargo com discurso de mudança e reestruturação

O novo secretário de Defesa Social foi anunciado na tarde desta segunda-feira pelo prefeito Marcelo Belinati. Coronel reformado da Polícia Militar, Pedro Ramos, ocupava a diretoria de Trânsito da CMTU desde abril do ano passado. Ele substitui o delegado aposentado da PF Evaristo Kuceki, que deixou o cargo no fim de fevereiro após dois anos à frente da secretaria.

Na apresentação do novo secretário, o prefeito falou em mudança de foco na Guarda Municipal, que passaria a se concentrar na segurança dos prédios públicos, nos locais de grande aglomeração e no cidadão. Marcelo Belinati garantiu a continuidade de projetos da Guarda Municipal como a Patrulha Maria da Penha e a Lei Seca, que proíbe o consumo de bebida alcoólica nas ruas da cidade.

Pedro Ramos assume a Guarda Municipal com a promessa de uma verba de R$ 1 milhão para investimentos, fruto de um remanejamento de recursos do orçamento municipal. Marcelo Belinati afirmou ainda que a Prefeitura prepara um conjunto de projetos para melhorar as condições de trabalho da Guarda Municipal, com investimentos em iluminação e uma proposta para ampliar o monitoramento por câmeras em algumas áreas da cidade.

O novo secretário de Defesa Social, um dos que participou do projeto de criação da Guarda Municipal em 2009, falou ainda sobre o vandalismo nos espaços públicos e o monitoramento por câmeras e da nova atribuição da instituição, a fiscalização de trânsito, que ainda depende do treinamento dos GMs e de um projeto a ser enviado ao Legislativo.

Enquanto o novo diretor de Trânsito da CMTU não é escolhido, o presidente da Companhia, Marcelo Cortez, acumula os dois cargos.

Veja também
18/03/2019
Câmara dá explicações sobre o pedido do MP em suspender sessão de julgamento dos vereadores afastados Rony Alves e Mario Takahashi
Foram feitos questionamentos ao MP sobre possíveis procedimentos adotados pela Casa. Prazo de 10 dias para anular a sessão está suspenso.
18/03/2019
Movelpar 2019 aposta no mercado externo para ampliar vendas
Em sua 12ª edição, Feira traz a Arapongas 120 indústrias expositoras e 30 importadores de 11 países. Expectativa é receber mais de 35 mil pessoas nos quatro dias.
18/03/2019
Falta do feijão altera cardápio da merenda na rede municipal Londrina
O grão está mais caro e empresa que fornece os produtos está com dificuldade de fazer a compra e a distribuição nas escolas e creches.
18/03/2019
Justiça condena viúva de José Janene em processo do Mensalão. Além dela, mais sete pessoas foram indiciadas
O ex-deputado, que morreu em 2010, foi o protagonista da primeira ação da operação Lava Jato.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.