Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/07/2018 às 14:44:00
Secretaria de Saúde reúne técnicos para planejar ações contra o sarampo
No Paraná nenhum caso foi confirmado, mas no Rio Grande do Sul e outros estados 14 pessoas já tiveram a doença.
Secretaria de Saúde reúne técnicos para planejar ações contra o sarampo

Uma reunião para traçar estratégias e alertar os técnicos da Secretaria sobre a volta do sarampo ao país. Foram convocados 80 servidores de todas as 53 Unidades Básicas de Saúde, das duas UPAS e dos três Pronto Atendimentos de Londrina. Segundo a diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal, Sônia Fernandes, a reunião tem caráter preventivo, já que foram registrados no país alguns casos da doença.

Londrina ainda não teve nenhum caso confirmado, mas Sônia Fernandes avalia que os profissionais da área precisam passar por essa atualização para lidar melhor com a situação e identificar possíveis casos mais rapidamente.

Apesar do Paraná não ter registrado nenhum caso da doença até agora, outros estados vizinhos já registraram, como o Rio Grande do Sul, onde foram constatadas sete pessoas com a doença, além de outras quatro no Mato Grosso, uma em São Paulo e duas no Rio de Janeiro. Em Roraima já são 200 casos e no Amazonas 263. A diretora de vigilância em Saúde afirma que, apesar do sarampo não ser registrado no município há mais de 10 anos, o momento é de alerta.

Sônia Fernandes diz que os novos números da doença revelam duas frentes de reintrodução do sarampo no país.

A diretora de Vigilância em Saúde lembra que a doença é de fácil transmissão, pode levar a complicações graves e até à morte. Ela afirma ainda que a vacina é a melhor maneira de se prevenir da doença e acrescenta que muitos pais negligenciaram a imunização dos filhos nos últimos anos, apesar das campanhas, e os reflexos são sentidos agora.

E a redução nos índices de vacinação também virou problema para outra doença, a poliomielite. Sônia Fernandes explica que, assim como no caso do Sarampo, a diminuição dos casos de pólio nos últimos anos, no Brasil e no Mundo, fez com que alguns pais simplesmente deixassem de vacinar os filhos.

A diretora da Secretaria de Saúde diz que, por conta disso, o Ministério da Saúde decidiu retomar as campanhas de vacinação contra a poliomielite, já no mês de agosto.

Veja também
16/07/2018
Prefeitura quer ofertar R$ 3 milhões em compras para pequenas empresas de Londrina e região
O objetivo é fazer com que licitações, que preveem aquisições de produtos para as áreas da saúde e educação, sejam disputadas por fornecedores locais, o que faria o dinheiro investido ficar na cidade.
16/07/2018
Após “bronca” do Gaeco e ação por improbidade, Comissão Processante da ZR3 volta a se reunir em dia decisivo
CP que investiga vereadores acusados de corrupção pretende passar toda esta segunda-feira ouvindo testemunhas convocadas pela defesa dos investigados. Parlamentares também devem ser interrogados.
16/07/2018
Advogados de acusados de jogarem mulher de 4º andar de prédio acreditam numa reviravolta do caso
Novos laudos confirmam que ferimentos encontrados na barriga da vítima não foram causados por um objeto cortante, o que vai na contramão do que apostava a polícia. Conclusão do inquérito deve sair nos próximos dias.
16/07/2018
Sobram vagas em abrigos noturnos de Londrina
Operação Noite Fria tem mais de 200 vagas por noite, mas poucos moradores de rua aceitam a abordagem social e preferem o relento por causa do uso de entorpecentes.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.