Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 13/03/2019 às 18:21:00
Receita Federal apreende replicas de 23 pistolas e sete fuzis em uma transportadora de Londrina
A importação de simulacros e armas de pressão é controlada pelo Exército.
Receita Federal apreende replicas de 23 pistolas e sete fuzis em uma transportadora de Londrina

A Receita Federal em Londrina apreendeu nesta semana numa transportadora de Londrina, 23 simulacros pistolas e sete fuzis, além de vários acessórios, como munições e coletes.

Segundo a Receita Federal informou a nossa reportagem, por meio de nota, os simulacros foram despachados em Foz do Iguaçu acompanhados de notas que diziam se tratar de material para pesca e tinham como destino Londrina.  A importação de simulacros e armas de pressão é controlada pelo Exército Brasileiro.

A operação foi realizada pela equipe de repressão da Delegacia da Receita Federal em Londrina - DRF em parceria com a Divisão de Repressão da Superintendência da 9ª Região Fiscal.

As mercadorias foram levadas para o depósito da delegacia da RF de Londrina para serem quantificadas, identificadas origem e o receptor.

Um vídeo foi divulgado pela Receita Federal com imagens feitas durante a apreensão das réplicas de armas.

As imagens estão em nossas redes sociais.

Veja também
25/05/2019
Audiência Pública para discutir novo edital do transporte coletivo de Londrina tem baixa participação popular
Diretor de Transporte da CMTU diz que tarifa prevista no primeiro certame, não vale mais e que preço da passagem deve ficar próximo do atual, R$ 4,25.
24/05/2019
Mãe de Eduarda fala sobre a morte da filha e divulga arquivos da família, a garota de 11 anos foi estrangulada e assassinada, o pai é suspeito de cometer o crime
A ação ocorreu há um mês, o corpo da menina foi encontrado enterrado e amarrado nos fundos de uma propriedade do pai.
24/05/2019
Fim da obra na avenida Faria Lima fica para setembro
A empresa alegou dificuldade para terminar o serviço por conta da chuva e pediu um aditivo de mais quatro meses.
24/05/2019
ACIL afirma que vai recorrer da decisão que a obriga devolver R$ 500 mil para a prefeitura de Londrina
A entidade foi condenada pela justiça no caso da campanha LondriNatal de 1999.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.