Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/10/2017 às 19:21:00
Procon aposta em audiências de conciliação para dar andamento a processos parados em Londrina
Mais de 1.400 denúncias estão encaixotadas no órgão, à espera de conclusão. Parceria com faculdade e contratação de 5 novos fiscais também podem ajudar a resolver o problema.

A conclusão de processos que estão parados no Procon em Londrina há quase dois anos pode começar a sair a partir do próximo dia 27, data da primeira série de audiências de conciliação que o órgão vai promover em parceria com uma faculdade particular da cidade. De acordo com o coordenador do Procon em Londrina, Gustavo Richa, o trabalho vai ser feito por alunos do curso de Direito da instituição, que vão intermediar encontros entre consumidores e empresas de telefonia. Ele acredita que vão ser realizadas até 40 audiências por dia.

Atualmente, mais de 1.400 processos estão parados no Procon, à espera de conclusão. O represamento é reflexo da falta de funcionários do órgão, que, atualmente, conta com apenas 13 servidores concursados e 17 estagiários para dar conta dos atendimentos.

Além da parceria com a faculdade, que no próximo ano vai ceder 30 novos estagiários ao órgão, o Procon vai investir na contratação de cinco novos fiscais para acelerar o andamento do processo. Segundo Gustavo Richa, o chamamento dos servidores, que já passaram em concurso, deve acontecer até o final do mês.

Veja também
18/06/2018
Instituto de Pesos e Medidas fiscaliza radares móveis da CMTU
Fiscalização do órgão também vistoriou tacógrafos de mais de 300 caminhões, ônibus e vans, e dez motoristas foram multados.
18/06/2018
Suspeita de vantagem indevida para licença de pontos de food trucks leva vereador a questionar fiscalização pela prefeitura de Londrina
Denuncias chegaram a Câmara pelos próprios empresários do setor que não entendem como algumas pessoas passam à frente da lista de vagas da CMTU.
18/06/2018
Receita Estadual entrega documentação ao Ministério Público para apurar abusos nos reajustes dos combustíveis durante a greve dos caminhoneiros
Os donos de postos podem responder por crime contra a economia popular e as relações de consumo.
18/06/2018
Projeto nacional da Serasa traz caminhão itinerante para Londrina
Cidade tem quase um terço da população com algum tipo de inadimplência, número acima da média nacional. No caminhão, consumidor tem acesso a serviços como consulta do CPF, pontuação de crédito e o chamado Cadastro Positivo.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.