Londrina - AO VIVO
Toda Noite:
Maércio Ramos
Ouvir
Publicado em 11/10/2017 às 19:21:00
Procon aposta em audiências de conciliação para dar andamento a processos parados em Londrina
Mais de 1.400 denúncias estão encaixotadas no órgão, à espera de conclusão. Parceria com faculdade e contratação de 5 novos fiscais também podem ajudar a resolver o problema.

A conclusão de processos que estão parados no Procon em Londrina há quase dois anos pode começar a sair a partir do próximo dia 27, data da primeira série de audiências de conciliação que o órgão vai promover em parceria com uma faculdade particular da cidade. De acordo com o coordenador do Procon em Londrina, Gustavo Richa, o trabalho vai ser feito por alunos do curso de Direito da instituição, que vão intermediar encontros entre consumidores e empresas de telefonia. Ele acredita que vão ser realizadas até 40 audiências por dia.

Atualmente, mais de 1.400 processos estão parados no Procon, à espera de conclusão. O represamento é reflexo da falta de funcionários do órgão, que, atualmente, conta com apenas 13 servidores concursados e 17 estagiários para dar conta dos atendimentos.

Além da parceria com a faculdade, que no próximo ano vai ceder 30 novos estagiários ao órgão, o Procon vai investir na contratação de cinco novos fiscais para acelerar o andamento do processo. Segundo Gustavo Richa, o chamamento dos servidores, que já passaram em concurso, deve acontecer até o final do mês.

Veja também
15/12/2017
Prefeitura assina convênio com o Estado para pavimentação da estrada de Guairacá
Obra deve ser finalizada até março e tem um custo total de R$ 3,3 milhões.
15/12/2017
Corregedoria decide demitir Guarda Municipal acusado de matar três pessoas
Decisão deve ser confirmada pelo Prefeito Marcelo Belinati na próxima semana. Servidor não recebe salários desde o mês de abril, quando cometeu os crimes.
15/12/2017
Ministério da Cultura libera dinheiro para pagar despesas da 1ª fase do Teatro Municipal
Agora, o município regulariza a situação e vai buscar ajuda financeira para continuar a obra. A prefeitura não descarta uma parceria público-privada para bancar a construção.
15/12/2017
Creslon inaugura ala para detentos que são universitários
A intenção é que eles consigam estudar e ter acesso a computadores. O alojamento comporta 18 presos do regime semi aberto.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.