Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 08/11/2018 às 20:02:00
Prefeitura renova contrato com a Sercomtel Iluminação para manutenção dos espaços públicos com valor bem abaixo do que era pago anteriormente
A queda da prestação dos serviços foi de R$ 1 milhão para R$ 770 mil. A administração municipal analisa um possível ressarcimento de valores cobrados a mais no contrato anterior.
Prefeitura renova contrato com a Sercomtel Iluminação para manutenção dos espaços públicos com valor bem abaixo do que era pago anteriormente

A Prefeitura de Londrina fez uma readequação no contrato para manutenção da iluminação pública com a Sercomtel Iluminação. A empresa realiza o trabalho na cidade desde 2015. Mas a Secretaria de Gestão Pública depois de formar uma planilha de custos viu a necessidade de redução do valor pago mensalmente, já que os serviços reduziram significativamente e os preços estavam acima da média de mercado.

De acordo com o Secretário de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, o contrato foi assinado recentemente. O valor pago antes era de R$ 1 milhão caiu para R$ 770 mil.

Cavazoti explica que não está confirmada a necessidade de devolução de possíveis recursos pagos à mais a Sercomtel Iluminação durante os anos de contrato vigente. Para se comprovar se houve sobra dos valores pagos, a administração municipal está analisando todas as planilhas de custos. Se for o caso de serviços cobrados à mais, os valores serão abatidos em novos repasses à empresa.

Outro contrato assinado há pelo menos 30 dias, pela prefeitura com a Sercomtel Iluminação é o de modernização da iluminação pública. São mais de 26 mil pontos que terão as lâmpadas trocadas. Nesse caso o valor é de R$ 42 milhões.

A previsão é que os trabalhos de modernização da iluminação pública sejam realizados em até dois anos e meio e devem começar já no mês que vem.

Veja também
18/03/2019
Câmara dá explicações sobre o pedido do MP em suspender sessão de julgamento dos vereadores afastados Rony Alves e Mario Takahashi
Foram feitos questionamentos ao MP sobre possíveis procedimentos adotados pela Casa. Prazo de 10 dias para anular a sessão está suspenso.
18/03/2019
Movelpar 2019 aposta no mercado externo para ampliar vendas
Em sua 12ª edição, Feira traz a Arapongas 120 indústrias expositoras e 30 importadores de 11 países. Expectativa é receber mais de 35 mil pessoas nos quatro dias.
18/03/2019
Falta do feijão altera cardápio da merenda na rede municipal Londrina
O grão está mais caro e empresa que fornece os produtos está com dificuldade de fazer a compra e a distribuição nas escolas e creches.
18/03/2019
Justiça condena viúva de José Janene em processo do Mensalão. Além dela, mais sete pessoas foram indiciadas
O ex-deputado, que morreu em 2010, foi o protagonista da primeira ação da operação Lava Jato.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.