Londrina - AO VIVO
A Hora é Agora:
Julio Cesar
Ouvir
Publicado em 16/04/2018 às 20:05:00
Prefeitura de Londrina desmembra oito condomínios residenciais desde o início do ano
No total são mais de 70 áreas para desmembramento.
Prefeitura de Londrina desmembra oito condomínios residenciais desde o início do ano

Desde o início do ano a prefeitura de Londrina corre contra o tempo para desmembrar mais de 70 condomínios residências que, em alguns casos, foram construídos e habitados há 20 anos.

A ação teve início depois da polêmica envolvendo o aumento do IPTU e o fato de o valor do imposto do prefeito e taxa de lixo terem ficado abaixo do reajuste da cidade.

De acordo com o Secretário de Fazenda, João Carlos Perez, nove profissionais atuam nesse setor a intenção é que até setembro todos os condomínios sejam desmembrados. Até agora oito foram regularizados.

O desmembramento é feito para que cada morador pague a taxa de lixo individual e o IPTU sobre o valor do seu imóvel e não um montante dividido entre os condôminos.

Ainda de acordo com Perez, o condomínio do prefeito já está regularizado e que, a força tarefa de desmembramento ocorreu depois de constado que o condomínio do prefeito ainda estava irregular.

Veja também
20/04/2018
Comissão Processante que vai investigar Takahashi e Rony Alves é instalada na Câmara de Vereadores
Segundo presidente da CP, vereadores afastados devem ser notificados do início dos trabalhos da Comissão já na próxima semana.
20/04/2018
Pedido de emissão de Certificado Internacional de Vacinação agora precisa ser agendado pela internet
Antes a procura era espontânea, o que sobrecarregava a secretaria de saúde.
19/04/2018
Diretor do Hospital Zona Norte promete melhorias em infraestrutura do Hospital ainda nesse semestre, mas admite problemas de superlotação por ser unidade pública
Tomógrafo parado desde o ano passado terá funcionário contratado para operar o equipamento no mês que vem.
19/04/2018
Observatório de Gestão Pública questiona valores de serviços previstos na pavimentação da estrada de Guairacá
Outro ponto levantado pelos técnicos do Observatório é a inclusão da drenagem, que elevou o preço da obra em cerca de R$ 1,3 milhão.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.