Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 15/05/2018 às 15:54:00
Prefeitura conta com novos auditores fiscais e um engenheiro civil para dar mais agilidade aos processos de desmembramento de condomínios em Londrina
A medida faz parte do Plano de Ações da secretaria de fazenda, que quer dar mais transparência à cobrança do IPTU.

Cinco novos auditores fiscais já estão trabalhando. Mais três devem assumir até o final do mês, junto com um engenheiro civil avaliador. Eles irão compor a equipe da Secretaria Municipal de Fazenda e vão trabalhar especificamente nos cadastros imobiliários de Londrina. O secretário João Carlos Perez destaca esta é uma das medidas previstas no Plano de Ação para dar mais agilidade aos levantamentos e transparência na cobrança dos impostos municipais.

A diretoria de gestão de cadastro e informações, que atua diretamente nas questões relacionadas ao IPTU já conseguiu identificar 71 condomínios de Londrina sem desmembramento. Desses, 13 já foram desmembrados, o que gerou 1349 unidades. Seis ainda estão em processo de análise e outros 18 já foram notificados.

Essa força tarefa começou depois de identificados erros na cobrança do IPTU no condomínio do prefeito Marcelo Belinati, na zona sul de Londrina. O caso foi parar no Ministério Público, que exigiu mudanças. Entre elas, um maior rigor na cobrança e mais transparência.

Veja também
17/01/2019
Entidades comemoram redução de taxas do Detran e dizem que valores altos cobrados no Paraná impactavam nas vendas do setor
O chamado Registro Eletrônico de Financiamento de Veículos custava R$ 350 aqui no estado, enquanto em São Paulo o valor cobrado no ano passado era de pouco mais de R$ 116.
17/01/2019
Presidente da Sercomtel afirma que não há garantia de aporte de recursos pela Copel
Cláudio Tedeschi diz que possibilidade mais concreta é de um repasse da Prefeitura, de cerca de R$ 30 milhões, como pagamento de uma dívida com a operadora. Plano de Recuperação da empresa, segundo presidente, segue sujeito a alterações.
17/01/2019
Comissão Processante notifica Justiça sobre “sumiço” do prefeito de Rolândia e pede para que ele seja preso
Na avaliação da CP, Luiz Francisconi estaria fora da cidade há mais de oito dias e, assim, teria descumprido medidas cautelares estabelecidas em ação criminal. Prefeito, que está afastado das funções, é investigado por suposta participação em esquema de c
17/01/2019
Sanepar vai fazer estudo hidráulico pra evitar com que tubulações voltem a se romper no centro de Londrina
Trabalhos de prevenção são reflexo de acidente que deixou 25 mil imóveis da região sem água na quarta-feira. Sistema também deve receber uma proteção, de acordo com a companhia.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.