Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/02/2018 às 05:31:00
Prefeito afirma que prefeitura segue orientação do Ministério Público e que já toma medidas para evitar corrupção na alteração de zoneamento
A intenção do MP é que o município crie mecanismos para evitar interferências.

Em entrevista coletiva, o prefeito Marcelo Belinati disse que vai seguir a recomendação do Ministério Público quanto a criação de mecanismos para evitar interferências externas na alteração de zoneamento de Londrina. Ele afirma que foi criado um grupo de trabalho, que está elaborando medidas mais seguras, como a quarentena para os membros dos Conselhos Municipais.

Quanto ao possível envolvimento dos vereadores afastados Rony Alves e Mario Takahashi na operação ZR3, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o prefeito não quis opinar.

O Ministério Público ofereceu denúncia contra 13 pessoas que são investigadas na Operação ZR-3, Zona Residencial 3, deflagrada no dia 24 de janeiro, e que apura possíveis pagamentos indevidos a agentes públicos para mudanças pontuais de zoneamento. Vereadores, empresários e servidores municipais estão entre os investigados. Por determinação do juiz da 2ª Vara Criminal, Delcio Miranda da Rocha, todos estão sendo monitorados por tornozeleiras eletrônicas.

Os parlamentares foram afastados 180 dias da Câmara. Na lista de envolvidos no caso, Luis Guilherme Alho, Ignês Dequech, ex-presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano na gestão Kireeff, e o ex-secretário do Ambiente na mesma administração, Cleuber Moraes Brito, do Conselho Municipal da Cidade, o CMC. Segundo o Gaeco, os então parlamentares seriam os líderes do suposto esquema criminoso.

Veja também
17/07/2018
Sem chuva há mais de um mês, Londrina entra em estado de atenção por conta da baixa umidade relativa do ar
Índice está bem abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Com tempo seco, cuidado com a saúde precisa ser redobrado.
17/07/2018
Após divulgação de conversa, advogados de defesa da Comissão Processante da ZR3 pedem investigação contra vereador Filipe Barros
Mensagens mostram que assessor do parlamentar sabia que Rony Alves e Mário Takahashi iriam ser alvos de operação do Ministério Público meses antes de caso vir à tona.
17/07/2018
Mudanças na Lei Estadual de Inovação podem ajudar Londrina a se tornar grande polo de tecnologia
Cidade é a principal do estado na criação de startups, que, depois das alterações, terão mais meios pra captação de recursos e investimentos.
16/07/2018
Ação Civil Pública quer retorno da educação integral para crianças de quatro anos da rede municipal
Ministério Público argumenta que mudança foi um retrocesso, já que retirou direitos já garantidos à população.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.