Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 16/04/2018 às 14:49:00
Participante de licitação entra com recurso e atrasa contratação de empresa que vai revitalizar as marginais da PR 445
A revitalização é importante porque, durante a duplicação, o trânsito foi desviado e houve desgaste nas vias de acesso a rodovia.
Participante de licitação entra com recurso e atrasa contratação de empresa que vai revitalizar as marginais da PR 445

Publicada em fevereiro, a licitação para contratar a empresa que vai revitalizar os 13km de marginais e ruas de acesso a PR 445 em Londrina e Cambé está parada. O superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Sérgio Servatici explica que a 2ª colocada no certame apresentou recurso contra a ganhadora. Os envelopes foram abertos no dia 8 de março. Agora, o proceso aguarda análise da Comissão de Licitação para voltar a tramitar.

A revitalização é importante porque, durante a duplicação da PR-445, o trânsito foi desviado e houve desgaste nas marginais. Por isso, foi necessário um projeto para a melhoria dessas vias e das ruas de acesso à rodovia com recape asfáltico, reperfilagem, reparos, melhoria do sistema de drenagem, revitalização da sinalização e faixas elevadas.

Depois de assinada a ordem de serviço, o prazo para a execução dos trabalhos será de 90 dias. Os trabalhos estão orçados em quase R$ 4 milhões.

Veja também
22/03/2019
Juiz paranaense que participou da Reforma Trabalhista ministra palestra em Londrina
Com o tema “Nova Lei Trabalhista na Prática – O dia a dia e os diferenciais competitivos”, MarlosMelek fez um balanço de como vem sendo aplicada a nova legislação trabalhista.
21/03/2019
Guarda Municipal recebe viaturas novas, mas continua com quase um terço dos carros sem circular por falta de manutenção
Secretário de Defesa Social afirma que situação é causada por um problema no contrato com a empresa que cuida da manutenção dos veículos da Prefeitura.
21/03/2019
Sindicato dos Servidores Municipais envia parecer à Câmara e faz diversas críticas ao projeto de Lei da Caapsml
Marcelo Urbaneja diz que aumento de alíquota é punição ao servidor e afirma que proposta vai trazer uma enxurrada de ações trabalhistas contra a Prefeitura.
21/03/2019
Depois de questionamento do Ministério Público de aditivo em contrato do transporte coletivo de Rolândia, prefeito esclarece que está dentro da lei
A atual empresa que presta serviços à prefeitura tem contrato também com o transporte escolar.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.