Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/02/2018 às 18:27:00
Obra paralisada há cinco anos ainda espera nova decisão da justiça para ter continuidade dos trabalhos
A empresa contratada para duplicação de pouco mais de 100 metros da Avenida Alziro Zarur tem 90 dias para concluir o trabalho depois da ordem de serviço ser dada.
Obra paralisada há cinco anos ainda espera nova decisão da justiça para ter continuidade dos trabalhos

No final do ano passado a expectativa era que, depois de cinco anos parada a duplicação da Avenida Alziro Zarur fosse retomada. O trecho é curto, são 100 metros de pista, que é o acesso principal ao Hospital Universitário de Londrina. O único trecho sem duplicação estava em briga judicial entre a empresa contratada para fazer um muro e a prefeitura, porém a briga na justiça havia terminado em abril, no final do ano foi feita a recontratação da empresa e a obra deveria ser concluída.

Mas de acordo com o Secretário de Obras, João Verçosa, a empresa conseguiu uma liminar e conseguiu suspender a obra novamente.

A empresa que construiu o muro no terreno desapropriado, há cinco anos vai ter que refazer o muro, que estava em local diferente do projeto.

Segundo o Secretário de Obras, João Verçosa, a prefeitura vai executar os trabalhos de pavimentação asfáltica e meio fio, mas antes precisa ser feito o muro no local certo. A prefeitura aguarda nova decisão para dar a ordem de serviço novamente a empresa. 

O anuncio da conclusão da duplicação da pista foi em 2012 e em 2013 foi constatado que o muro no terreno desapropriado foi erguido no lugar errado, desde então o tramite para conclusão dependia da justiça. O prazo para conclusão das obras desse trecho é de até 90 dias depois de dada a ordem de serviço. 

Veja também
10/12/2018
Pesquisa mostra que paranaenses podem terminar 2018 menos endividados
E o índice de inadimplência caiu no estado no mês passado.
10/12/2018
Morador volta a cobrar rede de esgoto em bairro da região oeste de Londrina
Ele alega que as fossas enchem rapidamente porque não podem ser tão profundas, no local o solo é rochoso.
10/12/2018
Zona Azul cogita operar por meio de aplicativos e os pagamentos poderão ser feitos com cartão de crédito
Hoje o usuário das vagas de estacionamento em diversos pontos de Londrina pode pagar somente em dinheiro e por hora.
10/12/2018
Servidores públicos de Bandeirantes denunciados por peculato e associação criminosa são presos
A justiça determinou a prisão preventiva de quatro servidores que já estavam afastados das atividades.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.