Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 15/05/2019 às 19:35:00
Moradores dos Jardins Bela Suíça e Colonial II entram com ação contra o município para impedir construção de novos prédios
A preocupação é que as obras verticais podem gerar uma catástrofe urbanística em Londrina.
Moradores dos Jardins Bela Suíça e Colonial II entram com ação contra o município para impedir construção de novos prédios

Um grupo de moradores, preocupados com a construção de novos prédios na Avenida Adhemar Pereira de Barros região sul de Londrina, busca de alguma forma impedir, o que eles chamam de catástrofe urbanística.

O grupo fez diversos protocolos de requerimentos e providências junto ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina - IPPUL, à Secretaria de Obras e principalmente ao Ministério Público, para que obras verticais não ocorram no local.  

De acordo com o advogado, Jossan Batistute, que representa o grupo de moradores, eles entraram nesta quarta-feira com a Ação Popular contra os atos da Prefeitura de liberar a construção.

A preocupação maior é com a contaminação de eventuais futuros pedidos semelhantes em outras regiões da cidade.

No entendimento do grupo áreas residenciais poderão ser totalmente desfiguradas pela interpretação errônea de alguns artigos da lei municipal de Uso e Ocupação do Solo. Basicamente, tais artigos permitem a anexação de terrenos, o que é um ato legalizado. O problema, porém, encontra-se quando se anexam terrenos residenciais a um terreno comercial.

De acordo com o presidente do IPPUL, Roberto Alves de Lima Junior, o município está cumprindo o que está previsto em lei.

O que pode ser feito a partir de agora é debater o assunto e apresentar medidas que impeçam no futuro novas construções do mesmo modelo, e será colocado inclusive no Plano Diretor.

Veja também
25/05/2019
Audiência Pública para discutir novo edital do transporte coletivo de Londrina tem baixa participação popular
Diretor de Transporte da CMTU diz que tarifa prevista no primeiro certame, não vale mais e que preço da passagem deve ficar próximo do atual, R$ 4,25.
24/05/2019
Mãe de Eduarda fala sobre a morte da filha e divulga arquivos da família, a garota de 11 anos foi estrangulada e assassinada, o pai é suspeito de cometer o crime
A ação ocorreu há um mês, o corpo da menina foi encontrado enterrado e amarrado nos fundos de uma propriedade do pai.
24/05/2019
Fim da obra na avenida Faria Lima fica para setembro
A empresa alegou dificuldade para terminar o serviço por conta da chuva e pediu um aditivo de mais quatro meses.
24/05/2019
ACIL afirma que vai recorrer da decisão que a obriga devolver R$ 500 mil para a prefeitura de Londrina
A entidade foi condenada pela justiça no caso da campanha LondriNatal de 1999.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.