Londrina - AO VIVO
Manhã da Globo:
Julio Cesar
Ouvir
Publicado em 11/10/2017 às 14:43:00
Mais de 45 mil pessoas devem passar pela rodoviária de Londrina neste feriadão
As empresas disponibilizam mais de 300 carros para atender a demanda.
Mais de 45 mil pessoas devem passar pela rodoviária de Londrina neste feriadão

A rodoviária espera receber, durante todo o feriadão da Padroeira do Brasil, mais de 45 mil pessoas, entre embarques e desembarques. A movimentação começa na noite desta quarta-feira e termina só na segunda-feira. O gerente do terminal, Sandro Boldiere Neves afirma que as empresas vão colocar mais de 300 ônibus extras nas estradas para atender a demanda.

Boldiere orienta os passageiros para que prestem atenção no horário do embarque e cheguem mais cedo. Comprar a passagem com antecedência pode garantir a viagem, uma vez que a procura é grande. Os cuidados com as crianças e também com as bagagens podem evitar problemas neste feriadão.

E já é tradição, as capitais e o litoral são os locais mais procurados pelos londrinenses.

Para reforçar a segurança no terminal, nesses dias de maior movimento, a Policia Militar e a Guarda Municipal estarão no local. Os agentes da CMTU também estarão organizando o trânsito nas ruas de acesso à rodoviária, devido o grande fluxo de veículos. 

Veja também
21/02/2018
Câmara quer reunião com entidades para discutir revogação de plebiscito da Sercomtel
Leis aprovadas na década de 90 e em 2009 estabelecem consulta popular para decisões que envolvam situação financeira da telefonia
21/02/2018
CMTU modifica vias do Parque Guanabara para aliviar o trânsito na Avenida Higienópolis
Os trabalhos envolvem mudança de sentido em duas ruas e proíbe conversões à esquerda de outras duas pistas.
21/02/2018
Vereadores afastados ganham mais tempo para contestar pedido de cassação na Câmara Municipal
Defesas de Mário Takahashi e Rony Alves têm até março para responder acusações de Filipe Barros, que quer revogação dos mandatos.
21/02/2018
Justiça bloqueia bens de servidor que teria superfaturado contratos da Santa Casa de Cambé
Segundo o Ministério Público, irregularidades teriam acontecido entre 2004 e 2012. Acusado tem duas semanas para apresentar defesa.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.