Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/09/2018 às 14:45:00
Luiz Abib Antoun é preso pelo Gaeco em Londrina
O empresário, parente do ex-governador Beto Richa, está na lista de detidos na operação Rádio Patrulha. Richa, a esposa, o irmão e ex-secretários também foram presos.
Luiz Abib Antoun é preso pelo Gaeco em Londrina

Policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) levaram preso, o parente do ex-governador Beto Richa, Luiz Abib Antoun. Ele foi detido no apartamento dele, na Piauí - centro. Antoun está na lista dos presos durante operação deflagrada na manhã desta terça-feira. Richa - que também é candidato ao senado -, a esposa e outras pessoas ligadas à administração também foram presas em Curitiba.
Junto com Antoun, foram levados documentos e teve cumprimento de mandados de busca e apreensão também na Alumpar (reciclagem de alumínio), que é de propriedade dele, na zona sul da cidade.
As prisões são temporárias, ou seja, valem por cinco dias. Ao todo são 15 mandados de prisão pelo Gaeco e 26 de busca e apreensão nas cidades de Curitiba, Londrina, Santo Antônio do Sudoeste e Nova Prata do Iguaçu no âmbito da Operação Rádio Patrulha, como destaca o coordenador estadual do Gaeco, Leonir Batisti.

O Ministério Público (MP-PR) apura direcionamento de licitação para beneficiar empresários e o pagamento de propina a agentes públicos, além de lavagem de dinheiro no programa do governo estadual do Paraná Patrulha do Campo, no período de 2012 a 2014.

Também foram presos pelo Gaeco, Pepe Richa (irmão do candidato ao senado), Deonilson Roldo (ex-chefe de gabinete), Ezequias Moreira (ex-secretário de cerimonial), Edson Casagrande (ex-secretário de assuntos estratégicos), além de empresários. Beto Richa é alvo de duas operações: essa realizada pelo MP, pela qual foi preso, e outra da Polícia Federal (PF), em uma nova fase da Lava Jato. Na 53ª etapa da Lava Jato, a casa de Richa foi alvo de mandado de busca e apreensão.      

Veja também
26/06/2019
MPF expede recomendação para que Econorte retome serviços em duas rodovias da região
Documento se baseia em decisão da Justiça Federal e multa do DER por descumprimento de cronograma.
26/06/2019
Ministério Público pede prorrogação para mais 90 dias do monitoramento eletrônico de Rony Alves
O prazo para que o vereador afastado use tornozeleira eletrônica terminou nesta quarta-feira.
26/06/2019
Avenida Soiti Taruma fica interditada a partir desta quinta-feira
Secretário de Obras diz que construção de ponte foi a melhor solução para o trânsito e as enchentes na região.
26/06/2019
Comissão das Clínicas Psiquiátricas ouve vereador e assistente social
João Martins e a filha, Greice Kelle de Souza, são citados em depoimentos prestados ao Ministério Público por funcionários e ex-funcionários das duas instituições investigadas.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.