Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 14/03/2019 às 19:49:00
Justiça Federal aceita denúncia contra Luiz Abi Antoun por organização criminosa e corrupção
Na denúncia feita pela Operação Integração do Ministério Público Federal, procuradores afirmam que Abi fugiu para o Líbano, mas advogado diz que ele viajou com autorização da justiça estadual.
Justiça Federal aceita denúncia contra Luiz Abi Antoun por organização criminosa e corrupção

O juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara Criminal Federal de Curitiba aceitou a denúncia por organização criminosa e corrupção passiva feita pela Operação Integração do Ministério Público Federal contra Luiz Abi Antoun. Na decisão, o magistrado aponta fortes indícios de materialidade e de autoria dos dois crimes.

Segundo o procurador da República Diogo Castor de Mattos, a denúncia foi apresentada separadamente porque Luiz Abi está fora do país desde setembro do ano passado. De acordo com o procurador, Luiz Abi fugiu, após um Habeas Corpus do Ministro Gilmar Mendes do STF, e não se tem notícias de onde ele está.

Segundo as investigações do Ministério Público Federal, o primo do ex-governador Beto Richa recebeu propinas como se fossem doações oficiais, simulando a prestação de serviços ao comitê de campanha do então candidato, por meio de uma empresa da qual era sócio.

Ainda de acordo com a denúncia, uma empresa de Abi Antoun recebeu em 2014 mais de R$ 640 mil para locação de equipamentos, que acabaram não alugados. Foram identificados ainda, segundo os procuradores, depósitos para outra empresa ligada a ele, notas fiscais frias para justificar os débitos e transações suspeitas.

Segundo o procurador, Luiz Abi seria uma espécie de arrecadador central das propinas recebidas pelo ex-governador.

O advogado Anderson Mariano, diz que Luiz Abi Antoun está tranquilo e vai provar sua inocência nos Tribunais. O advogado afirma o cliente dele não fugiu e a justiça estadual sabe que ele está no Líbano. Mariano diz ainda que a viagem foi autorizada pelo juiz Juliano Nanuncio, responsável pelas Operações Publicano e Voldemort.

A defesa de Beto Richa nega o envolvimento do ex-governador em qualquer irregularidade.

Veja também
25/05/2019
Audiência Pública para discutir novo edital do transporte coletivo de Londrina tem baixa participação popular
Diretor de Transporte da CMTU diz que tarifa prevista no primeiro certame, não vale mais e que preço da passagem deve ficar próximo do atual, R$ 4,25.
24/05/2019
Mãe de Eduarda fala sobre a morte da filha e divulga arquivos da família, a garota de 11 anos foi estrangulada e assassinada, o pai é suspeito de cometer o crime
A ação ocorreu há um mês, o corpo da menina foi encontrado enterrado e amarrado nos fundos de uma propriedade do pai.
24/05/2019
Fim da obra na avenida Faria Lima fica para setembro
A empresa alegou dificuldade para terminar o serviço por conta da chuva e pediu um aditivo de mais quatro meses.
24/05/2019
ACIL afirma que vai recorrer da decisão que a obriga devolver R$ 500 mil para a prefeitura de Londrina
A entidade foi condenada pela justiça no caso da campanha LondriNatal de 1999.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.