Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/03/2019 às 19:50:00
Juiz prorroga afastamento de Mário Takahashi e Rony Alves por mais 180 dias
É a quarta vez que a justiça decide manter os dois vereadores afastados da Câmara Municipal.
Juiz prorroga afastamento de Mário Takahashi e Rony Alves por mais 180 dias

O juiz Délcio Miranda da Rocha, da 2ª Vara Criminal de Londrina, afastou por mais 180 dias os vereadores Mário Takahashi, do PV, e Rony Alves, do PTB. A decisão foi tomada após mais um pedido do Ministério Público. É a quarta vez que o magistrado toma a mesma medida. Em janeiro do ano passado, os dois foram afastados, pela primeira vez, por 180 dias, logo após a deflagração da Operação ZR3.

Em julho, o juiz determinou a prorrogação da medida por mais seis meses. E em janeiro desse ano, o prazo foi prorrogado por mais 45 dias. Com a nova decisão da justiça, os dois vão somar mais de um ano e meio de mandato afastados da Câmara. 

Os vereadores são réus na Operação ZR3, que investiga cobrança de propina para alterar o zoneamento urbano da cidade e tiveram os bens bloqueados pela Justiça. No total, Rony Alves teve R$ 2,7 milhões bloqueados e Mário Takahashi, 3 milhões de reais.

No pedido feito à justiça, o Ministério Público alegou que manter os vereadores afastados seria importante para que eles não interferissem no processo ou na tramitação de possíveis projetos relacionados ao tema zoneamento.

Os dois continuam proibidos de manter contato com outros vereadores, de acessar as dependências da Câmara, da Prefeitura e de suas secretarias, além do Conselho Municipal da Cidade.

Fizemos contato com os advogados, Anderson Mariano e Maurício Carneiro, que defendem Mário Takahashi e Rony Alves, respectivamente, mas eles não atenderam nossas ligações.

Veja também
25/05/2019
Audiência Pública para discutir novo edital do transporte coletivo de Londrina tem baixa participação popular
Diretor de Transporte da CMTU diz que tarifa prevista no primeiro certame, não vale mais e que preço da passagem deve ficar próximo do atual, R$ 4,25.
24/05/2019
Mãe de Eduarda fala sobre a morte da filha e divulga arquivos da família, a garota de 11 anos foi estrangulada e assassinada, o pai é suspeito de cometer o crime
A ação ocorreu há um mês, o corpo da menina foi encontrado enterrado e amarrado nos fundos de uma propriedade do pai.
24/05/2019
Fim da obra na avenida Faria Lima fica para setembro
A empresa alegou dificuldade para terminar o serviço por conta da chuva e pediu um aditivo de mais quatro meses.
24/05/2019
ACIL afirma que vai recorrer da decisão que a obriga devolver R$ 500 mil para a prefeitura de Londrina
A entidade foi condenada pela justiça no caso da campanha LondriNatal de 1999.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.