Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 08/02/2019 às 18:04:00
Jogador londrinense é um dos sobreviventes de incêndio no CT do Flamengo
Pablo Ruan começou a treinar na base do time carioca em setembro do ano passado após deixar a Portuguesa Londrinense.
Jogador londrinense é um dos sobreviventes de incêndio no CT do Flamengo

O jogador londrinense, Pablo Ruan, de 16 anos, sobreviveu ao incêndio que matou 10 adolescentes na madrugada desta sexta-feira em Vargem Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro.  O atleta estava no alojamento atingido pelo fogo no CT (Centro de Treinamento) do Flamengo, popularmente conhecido como Ninho do Urubu. O jovem teve apenas algumas escoriações porque atravessou uma janela para escapar do incêndio.

Pablo Juan treinava na Portuguesa Londrinense desde os 12 anos e foi chamado para a base do time carioca no mês de setembro do ano passado.  O presidente da Portuguesa Londrinense, Edson Moreti, conta o susto da família.

O jovem deve ser liberado pelo Flamengo e voltar para Londrina ainda neste fim de semana. Pablo foi acordado por um colega do time e saiu pela fresta da janela para escapar do fogo.

Pablo Ruan foi descoberto por olheiros do Flamengo para participar dos campeonatos sub-16 de futebol no Rio de Janeiro. Depois de passar as férias em Londrina em janeiro, o atleta voltou ao CT de treinamento do Rio e nunca se queixou das instalações.

Outro londrinense, o zagueiro Juninho Brandão, de 14 anos, é da equipe sub-15 do Flamengo, mas, desde que se mudou para o Rio de Janeiro, morou em um apartamento por opção da família. 

Veja também
23/04/2019
Prefeitura ainda terá que abrir processo licitatório fechar a cratera no conjunto Neymann Sahyun
A intenção no início do ano era contratar emergencialmente uma empresa para tapar o buraco, mas a obra é maior do que o esperado e será preciso licitar.
23/04/2019
Projeto que altera cálculos de horas extras de servidores vai ser melhor discutido
A proposta que altera o Estatuto do Servidor Municipal foi questionada pelo Sindicato da categoria.
23/04/2019
Parceria com UEL vai formar Núcleo de Apoio Técnico ao Poder Judiciário
A intenção é que os trabalhos iniciem em dois meses e deve agilizar sentenças de solicitações a medicamentos que não estão disponíveis no SUS.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.