Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 10/09/2018 às 19:03:00
IPEM encontra irregularidades em 14 dos 24 postos de combustíveis fiscalizados até agora
Em apenas um dos estabelecimentos foi detectada a chamada bomba baixa. Operação do Instituto segue até o fim do mês nos postos aqui da região.
IPEM encontra irregularidades em 14 dos 24 postos de combustíveis fiscalizados até agora

A operação tem como objetivo principal fiscalizar a chamada "bomba baixa". Quando os postos entregam uma quantidade menor de combustível do que a indicada na bomba. Desde o início da fiscalização, na segunda-feira da semana passada, 24 postos foram visitados pelo IPEM e o Instituto encontrou irregularidades em 14 deles, entre elas pequenos vazamentos e outros problemas menos graves, em que não cabe a multa.

O gerente regional do IPEM em Londrina, Marcelo Trawtein, afirma que em apenas um dos postos visitados foi detectada a chamada bomba baixa. Na verdade, o problema ocorria em quase todos os equipamentos do estabelecimento.

O IPEM retorna aos postos dez dias depois da primeira fiscalização, para checar se o problema foi corrigido. Segundo Marcelo Trawtein, as multas são aplicadas por bomba com irregularidade e o valor de cada uma delas é fixado de acordo com alguns critérios, como, por exemplo, o tamanho da empresa e a reincidência.

Além de lesarem os consumidores, Marcelo Trawtein ressalta que os fraudadores também prejudicam a concorrência. De acordo com o gerente regional do IPEM, a fiscalização continua até o fim do mês e vai seguir visitando postos de Londrina e de alguns municípios vizinhos.

Veja também
23/04/2019
Prefeitura ainda terá que abrir processo licitatório fechar a cratera no conjunto Neymann Sahyun
A intenção no início do ano era contratar emergencialmente uma empresa para tapar o buraco, mas a obra é maior do que o esperado e será preciso licitar.
23/04/2019
Projeto que altera cálculos de horas extras de servidores vai ser melhor discutido
A proposta que altera o Estatuto do Servidor Municipal foi questionada pelo Sindicato da categoria.
23/04/2019
Parceria com UEL vai formar Núcleo de Apoio Técnico ao Poder Judiciário
A intenção é que os trabalhos iniciem em dois meses e deve agilizar sentenças de solicitações a medicamentos que não estão disponíveis no SUS.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.