Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 15/05/2018 às 18:58:00
Governo do Estado pretende repassar ensino fundamental do Colégio de Aplicação para o Município
Estado e Prefeitura devem se reunir ainda esta semana para discutir o assunto.
Governo do Estado pretende repassar ensino fundamental do Colégio de Aplicação para o Município

A polêmica começou depois que o Governo do Estado publicou uma resolução que previa a transferência da administração do Colégio de Aplicação para a UEL. De acordo com o diretor da escola, Edmilson Lenardão, a resolução foi um erro e já teria sido anulada. A questão foi que paralelo a isso, o Governo também teria a intenção de retirar o ensino fundamental, do 1º ao 5º ano, do convênio com a UEL e repassar a gestão para a Prefeitura.

O tema motivou uma reunião entre representantes da associação de pais do colégio, da direção da escola, do Núcleo Regional de Educação e da UEL.Segundo Lenardão, a reunião serviu para tirar algumas dúvidas dos pais sobre a situação. O grupo também ficou de preparar um documento reivindicando a manutenção das condições atuais do convênio.

Edmilson Lenardão afirma que, apesar do ensino fundamental ser uma responsabilidade do Município, o Estado também pode assumir a gestão de escolas com características diferenciadas, como é o caso do Colégio de Aplicação.

Segundo Lenardão, atualmente o Colégio de Aplicação é mantido com recursos da UEL e do Governo do Estado. Ainda de acordo com Lenardão, o Município já tem uma parceria com a escola para a educação infantil.

O Governo do Estado se baseia na Lei de Diretrizes Básicas da Educação, que define o ensino fundamental como responsabilidade dos Municípios.

A Prefeitura de Londrina informou que a secretária Municipal de Educação, Maria Thereza Paschoal não participou da reunião no colégio de Aplicação porque tem um encontro para discutir o assunto, ainda essa semana, com a secretária Estadual de Educação, Lúcia Cortez.

Veja também
25/05/2019
Audiência Pública para discutir novo edital do transporte coletivo de Londrina tem baixa participação popular
Diretor de Transporte da CMTU diz que tarifa prevista no primeiro certame, não vale mais e que preço da passagem deve ficar próximo do atual, R$ 4,25.
24/05/2019
Mãe de Eduarda fala sobre a morte da filha e divulga arquivos da família, a garota de 11 anos foi estrangulada e assassinada, o pai é suspeito de cometer o crime
A ação ocorreu há um mês, o corpo da menina foi encontrado enterrado e amarrado nos fundos de uma propriedade do pai.
24/05/2019
Fim da obra na avenida Faria Lima fica para setembro
A empresa alegou dificuldade para terminar o serviço por conta da chuva e pediu um aditivo de mais quatro meses.
24/05/2019
ACIL afirma que vai recorrer da decisão que a obriga devolver R$ 500 mil para a prefeitura de Londrina
A entidade foi condenada pela justiça no caso da campanha LondriNatal de 1999.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.