Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 05/07/2018 às 16:38:00
Governo do estado libera R$ 28 milhões para as obras da Cidade Industrial e do Tecnocentro
O objetivo é investir em atrativos para a instalação de mais empresas em Londrina.
Governo do estado libera R$ 28 milhões para as obras da Cidade Industrial e do Tecnocentro

O Secretário Estadual de Desenvolvimento Urbano (SEDU) Silvio Barros oficializou a liberação de R$ 25 milhões para a implantação da Cidade Industrial de Londrina. O dinheiro será usado para viabilizar as obras de infraestrutura do espaço, incluindo a construção de vias, o asfaltamento, as instalações elétricas e o saneamento. A previsão é que essa iniciativa gere mais de quatro mil empregos na cidade.

A licitação para a obra será feita pelo Paranacidade, do governo estadual. A Cidade Industrial é um local que vai abrigar empresas e indústrias de diferentes segmentos para alavancar o crescimento econômico de Londrina, que já é conhecida por uma geração de empregos na área de prestação de serviços.

O Secretário também liberou R$ 3,2 milhões para a conclusão das obras do Tecnocentro de Londrina, que tem a finalidade de trazer novas tecnologias e com elas, mais empresas para a região. Ele destaca que o valor será usado para terminar a obra, que fica dentro do parque Tecnológico Francisco Sciarra, na região leste. Faltam os serviços de acabamento interno do prédio, a colocação do piso, forros, paredes e a instalação de alguns equipamentos.

A previsão é que as obras fiquem prontas em 2019.

Veja também
25/09/2018
Ocupantes do Flores do Campo vão até a prefeitura e não avançam em negociações
A proposta apresentada de dar condições de moradia a apenas uma parcela das famílias que vivem no local não agradou nem a promotoria.
25/09/2018
Curso de medicina continua sendo o mais concorrido do vestibular da UEL
São 122 candidatos concorrendo por vaga.
25/09/2018
Governadora faz rápida visita a Londrina e vistoria obras no HU
Em entrevista Cida Borghetti falou sobre o pedido de afastamento de Beto Richa da campanha e sobre o Refis para as empresas do estado que teve um pedido de explicações do Ministério Público.
25/09/2018
Sindicalista investigado pela operação Registro Espúrio diz que é inocente e que valor recebido pela federação foi autorizado pela justiça
Os R$ 2,5 milhões questionados pela Polícia Federal teriam sido, segundo ele, para pagar uma dívida da União com a Fenatracoop.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.