Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 16/08/2019 às 17:44:00
Governo autoriza crédito adicional e garante recursos para pagar residentes da UEL
Problema começou no mês passado após a Secretaria de Fazenda questionar forma de pagamento dos estudantes.
Governo autoriza crédito adicional e garante recursos para pagar residentes da UEL

O anúncio veio em uma reunião convocada para discutir o problema com lideranças políticas, estudantes, professores e profissionais da área na sexta-feira. O Governo do Estado liberou um crédito adicional suplementar de quase R$ 8,5 milhões para pagar os mais de 400 residentes da UEL. Quase R$ 7 milhões vão para as bolsas da área da saúde vinculadas ao HU e pouco mais de R$ 1,6 milhão para os residentes de outras áreas da Universidade. Segundo o Governo, o dinheiro é suficiente para o pagamento das residências médicas e multiprofissionais dos alunos da Universidade até o fim do ano.

O vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Thiago Amaral, anunciou a liberação dos recursos durante a reunião. O parlamentar afirma que a solução encontrada foi técnica e envolve basicamente a reclassificação da rubrica usada para a despesa, que passa a ficar desvinculada da folha de pessoal.

O problema começou em julho, quando a Secretaria de Fazenda mudou o entendimento sobre a forma de pagamento dos residentes. O reitor da UEL, Sérgio de Carvalho, explica que desde o início dos anos 1970, quando as primeiras residências foram implantadas na Universidade, o pagamento era feito via folha de pagamento das Instituições. Mas, em julho passado a Secretaria de Fazenda se recusou, por duas vezes, a pagar os salários, caso as residências não fossem retiradas da folha. O que obrigou as Universidades a remanejar recursos para honrar os compromissos.

O reitor comemorou a decisão e diz que, de certa forma, já esperava pela decisão, já que a mobilização em torno do assunto foi extremamente grande e ocorreu em várias frentes.

Para 2020, a solução vai ser o pagamento dos residentes pela nova reclassificação da despesa. Vai ser preciso definir também a consignação dos recursos na lei orçamentária.

Dos 455 residentes da UEL, mais de 360 estão no HU, em diferentes especialidades, entre elas Medicina, Enfermagem, Odontologia e Nutrição. Os residentes recebem uma bolsa mensal de pouco mais de R$ 3.300 para uma jornada de 60 horas semanais.

Veja também
16/09/2019
Princípio de tumulto em delegacia de Ibiporã faz delegado manter alerta
No fim do mês passado mais de 40 detentos conseguiram fugir. A cadeia está hoje com 160 presos e tem capacidade para apenas 35.
16/09/2019
Operação conjunta faz pente fino em empresas de aviação agrícola do Norte Pioneiro
Foram vistoriados pátios de descontaminação, oficinas e até pistas de pouso e decolagem. Dos 20 aviões fiscalizados, 12 tiveram as atividades suspensas, 3 foram interditados e 1 foi apreendido.
16/09/2019
Professores aprovados em concurso querem saber se serão convocados para trabalhar nas cinco creches do Município que estão sendo construídas
Com promessa de entrega das unidades agora no segundo semestre e funcionamento já a partir de 2020, eles dizem que falta de informações vem trazendo insegurança para os profissionais.
16/09/2019
Proposta que altera marco regulatório do saneamento básico no país é discutido em reunião pública na OAB
Especialista diz que principal mudança em discussão no projeto de Lei é o estímulo à privatização do setor.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.