Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 10/07/2018 às 16:45:00
Funcionário denuncia possível demissão em massa de varredores em Londrina
Os 38 trabalhadores já receberam aviso prévio e estão preocupados. Empresa que faz serviço vai ser substituída por uma maior, que, segundo a CMTU, vai cuidar não só da varrição, mas também da lavagem e da manutenção de banheiros e mobiliários públicos.
Funcionário denuncia possível demissão em massa de varredores em Londrina

Um funcionário da empresa Conserv Limp, que cuida da varrição das ruas e avenidas de Londrina, procurou a CBN pra denunciar uma possível demissão em massa. O homem, que preferiu não se identificar, contou que os 38 trabalhadores da terceirizada receberam aviso prévio de uma só vez, no início desta semana, o que causou uma grande preocupação entre todos eles. O varredor até está acostumado com isso, já que sempre quando vai vencer o contrato do serviço com a CMTU, ele precisa procurar a empresa escolhida para assumir os trabalhos atrás de uma recontratação. O problema é que, até então, nenhuma informação sobre uma nova licitação envolvendo a varrição pública foi divulgada pela companhia.

Também fomos atrás da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização, que tentou apaziguar os ânimos entre os funcionários. Segundo a assessoria de imprensa da CMTU, uma licitação acabou de ser publicada no Jornal Oficial do Município prevendo justamente a contratação de uma empresa não só pra varrição, mas também pra lavagem das ruas, dos banheiros e dos mobiliários públicos. O preço máximo do edital gira em torno dos três milhões de reais por ano, mas o município pretende baixar este preço por meio da concorrência entre as interessadas. Pelo processo, as terceirizadas têm até o próximo dia 20 para apresentar as propostas. Os envelopes vão ser abertos dia 24, e a previsão é de que a nova empresa assuma os serviços no início de agosto.

Veja também
16/07/2018
Prefeitura quer ofertar R$ 3 milhões em compras para pequenas empresas de Londrina e região
O objetivo é fazer com que licitações, que preveem aquisições de produtos para as áreas da saúde e educação, sejam disputadas por fornecedores locais, o que faria o dinheiro investido ficar na cidade.
16/07/2018
Após “bronca” do Gaeco e ação por improbidade, Comissão Processante da ZR3 volta a se reunir em dia decisivo
CP que investiga vereadores acusados de corrupção pretende passar toda esta segunda-feira ouvindo testemunhas convocadas pela defesa dos investigados. Parlamentares também devem ser interrogados.
16/07/2018
Advogados de acusados de jogarem mulher de 4º andar de prédio acreditam numa reviravolta do caso
Novos laudos confirmam que ferimentos encontrados na barriga da vítima não foram causados por um objeto cortante, o que vai na contramão do que apostava a polícia. Conclusão do inquérito deve sair nos próximos dias.
16/07/2018
Sobram vagas em abrigos noturnos de Londrina
Operação Noite Fria tem mais de 200 vagas por noite, mas poucos moradores de rua aceitam a abordagem social e preferem o relento por causa do uso de entorpecentes.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.