Londrina - AO VIVO
Toda Noite:
Maércio Ramos
Ouvir
Publicado em 05/12/2017 às 18:51:00
Falta de segurança, essa é a maior reclamação de concessionários de jazigos em cemitérios de Londrina
Um levantamento dos dados de uma pesquisa ainda está sendo finalizado pela Acesf.
Falta de segurança, essa é a maior reclamação de concessionários de jazigos em cemitérios de Londrina

Durante o mês de novembro, em especial durante o dia de finados e na semana seguinte, a Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina – Acesf iniciou uma pesquisa de satisfação dos concessionários de jazigos nos cemitérios das áreas urbana e rural.

Os dados ainda estão sendo compilados, mas de açodo com o superintendente da Acesf, Douglas Pereira, a maior reclamação registrada é a falta de segurança.

Douglas ressalta que melhorias já foram feitas em dois cemitérios para dar mais segurança. Câmeras de vigilância foram instaladas no São Pedro e serão instaladas no Jardim da Saudade no Anchieta. Os outros também devem receber o monitoramento via vídeo feito pela Guarda Municipal e muros altos com concertina.

Mil concessionários responderam aos questionamentos feitos por servidores que abordaram essas pessoas dentro dos cemitérios ou respondidas pela internet. 

Veja também
15/12/2017
Prefeitura assina convênio com o Estado para pavimentação da estrada de Guairacá
Obra deve ser finalizada até março e tem um custo total de R$ 3,3 milhões.
15/12/2017
Corregedoria decide demitir Guarda Municipal acusado de matar três pessoas
Decisão deve ser confirmada pelo Prefeito Marcelo Belinati na próxima semana. Servidor não recebe salários desde o mês de abril, quando cometeu os crimes.
15/12/2017
Ministério da Cultura libera dinheiro para pagar despesas da 1ª fase do Teatro Municipal
Agora, o município regulariza a situação e vai buscar ajuda financeira para continuar a obra. A prefeitura não descarta uma parceria público-privada para bancar a construção.
15/12/2017
Creslon inaugura ala para detentos que são universitários
A intenção é que eles consigam estudar e ter acesso a computadores. O alojamento comporta 18 presos do regime semi aberto.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.