Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/07/2018 às 17:05:00
Ex-guarda municipal acusado de matar três pessoas vai a júri popular em Londrina
Decisão é da 1ª Vara Criminal de Londrina, que ainda não marcou data do julgamento. Defesa do acusado deve recorrer.

O ex-guarda municipal Ricardo Leandro Felipe, acusado de assassinar três pessoas em Londrina em abril do ano passado, vai a júri popular. A decisão da 1ª Vara Criminal desta quarta-feira, assinada pela juíza Elizabeth Kather, também determina que ele continue preso até o julgamento, ainda sem data marcada.

Felipe, que foi expulso da corporação após o triplo homicídio, usou a arma do trabalho pra tirar a vida do pai e do filho de uma ex-namorada e da sócia de uma outra ex-companheira. Ele fugiu para fora do estado depois de cometer os crimes, mas foi localizado e preso pela polícia.

Desde o ano passado, a Vara Maria da Penha, que cuida do processo, realizou uma série de audiências para ouvir testemunhas de acusação e de defesa, além do próprio ex-guarda municipal.

Tudo foi repassado à 1ª Vara Criminal, que fez uma análise e decidiu pelo júri popular. Raquel Spinosa, que teve o pai e o filho assassinados por Felipe, destaca que a determinação traz um pouco de tranquilidade e conforto aos familiares.

Por outro lado, os advogados do acusado sempre trabalharam com a tese de que ele teria agido durante um surto psicótico, mas laudos realizados pelo Instituto Médico Legal de Londrina não comprovaram a hipótese levantada pela defesa, que, agora, prepara um recurso contra a decisão pelo júri popular. Uma informação que não surpreende a família das vítimas.

Raquel garante ainda que está preparada para acompanhar a possível batalha de recursos antes do agendamento do júri, que, de acordo com ela, pode trazer justiça ao caso, considerado um dos mais emblemáticos de Londrina dos últimos anos.

A CBN também tentou contado com os advogados do ex-guarda municipal, mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.

Veja também
16/07/2018
Prefeitura quer ofertar R$ 3 milhões em compras para pequenas empresas de Londrina e região
O objetivo é fazer com que licitações, que preveem aquisições de produtos para as áreas da saúde e educação, sejam disputadas por fornecedores locais, o que faria o dinheiro investido ficar na cidade.
16/07/2018
Após “bronca” do Gaeco e ação por improbidade, Comissão Processante da ZR3 volta a se reunir em dia decisivo
CP que investiga vereadores acusados de corrupção pretende passar toda esta segunda-feira ouvindo testemunhas convocadas pela defesa dos investigados. Parlamentares também devem ser interrogados.
16/07/2018
Advogados de acusados de jogarem mulher de 4º andar de prédio acreditam numa reviravolta do caso
Novos laudos confirmam que ferimentos encontrados na barriga da vítima não foram causados por um objeto cortante, o que vai na contramão do que apostava a polícia. Conclusão do inquérito deve sair nos próximos dias.
16/07/2018
Sobram vagas em abrigos noturnos de Londrina
Operação Noite Fria tem mais de 200 vagas por noite, mas poucos moradores de rua aceitam a abordagem social e preferem o relento por causa do uso de entorpecentes.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.