Londrina - AO VIVO
A Hora é Agora:
Julio Cesar
Ouvir
Publicado em 13/11/2017 às 19:44:00
Estudantes, orientados por professor entraram com recurso de possível erro em uma questão de geografia no vestibular da UEL
A instituição não acatou como erro os apontamentos dos estudantes e docentes.
Estudantes, orientados por professor entraram com recurso de possível erro em uma  questão de geografia no vestibular da UEL

Um professor de cursinhos de Londrina e estudantes questionaram a forma que uma pergunta foi feita mas de forma diferente em provas do vestibular da UEL.

A manifestação foi feita inicialmente em uma rede social por um professor, o que levou estudantes a entrarem com recurso contra a questão.

As normas da universidade permitem que o recurso apresentado tenha apenas 3,4 mil caracteres e pode ser apresentado em até 48h depois do teste aplicado.

O professor de geografia de rede de cursinhos, André Tolino Neto, explicou que a questão induz a confusão de erro. Na questão supostamente errada aponta que Floresta Ombrófila Densa se encontra no Bioma dos Pampas predominantemente. O que o professor rebate é que não é predominante no Bioma dos Pampas sendo assim predominante na área citada existem outras culturas. 

O professor ressalta que ele e outros colegas têm dificuldades de preparar os alunos para o processo seletivo.

De acordo com a diretora pedagógica da Coordenadoria de Processos Seletivos da UEL – Cops, Michele Salles El Kadri, vários estudantes entraram com recurso com o mesmo argumento. Ela explica que a UEL não acatou o erro apontado na questão, porque os alunos precisam entender o contexto da questão.

Depois de a UEL responder o primeiro recurso, não está previsto que um novo recurso seja apresentado pelos vestibulandos. 

Veja também
21/11/2017
Defesa Civil de Londrina divulga balanço preliminar dos estragos causados pelo temporal de segunda-feira
Até a manhã de terça, foram 141 notificações de quedas de árvores só na área urbana, além de oito imóveis destelhados e sete pontos de alagamentos em vias importantes da cidade.
21/11/2017
Caixa recorre ao Tribunal Regional Federal para iniciar desocupação do Flores do Campo
Mas, poucas horas depois, o Tribunal negou o pedido e manteve prazo, improrrogável, de 90 dias para a reintegração de posse.
21/11/2017
Polícia Rodoviária Federal promove último leilão de veículos retidos do ano
São mais de 1,6 mil veículos disponíveis.
21/11/2017
Promotoria pede a demissão de servidor da prefeitura por falsidade ideológica
Segundo o Ministério Público, o patrimônio do auditor fiscal não é compatível com o salário que ganha.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.