Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 08/08/2018 às 16:02:00
Equipamentos sucateados, maquinário novo parado... Entenda a realidade da falta de manutenção das estradas rurais de Londrina
Praticamente todas as vias apresentam problemas, mas Secretaria de Agricultura alega ter condições de atender apenas os pontos mais críticos. Enquanto isso, município está atrás da liberação de mais caminhões e máquinas para o serviço, mas ainda não há pr
Equipamentos sucateados, maquinário novo parado... Entenda a realidade da falta de manutenção das estradas rurais de Londrina

De um lado, veículos e equipamentos sucateados, com quase 30 anos de uso. Do outro, quatro pás-carregadeiras e mais quatro motoniveladoras novinhas em folha, mas ainda paradas à espera da liberação do seguro e da contratação de funcionários para operá-las. A contradição ajuda a entender pelo menos em parte a realidade das estradas rurais de Londrina, que vêm sendo negligenciadas pelo poder público há muitos anos. Essa falta de manutenção foi admitida pelo próprio secretário municipal de Agricultura, Alexandre Fujita, que, em entrevista à CBN, confessou que, atualmente, o município não tem condições de atender toda a demanda, ainda mais agravada por conta da chuvarada dos últimos dias.

O maquinário da Agricultura se resume a quatro caminhões, dois deles ano 1994, outros dois veículos para abastecimento e transporte, e mais quatro equipamentos usados na patrola e na aplicação de moledo. Outros oito equipamentos, citados no início da reportagem, já foram comprados por meio de um consórcio, mas ainda não há previsão de quando eles vão poder ser utilizados. Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o prefeito Marcelo Belinati admitiu que a burocracia é lenta, mas destacou que faziam muitos anos que o município não investia em melhorias na área rural.

A outra linha de frente para recuperação das estradas é a compra de mais quatro caminhões, com cerca de um milhão de reais obtidos pelo município junto ao Ministério da Integração Nacional. Mas, assim como o maquinário do consórcio, os novos veículos devem ser tratados como melhorias de médio a longo prazo, como destacou o secretário municipal de Agricultura.

Enquanto espera pela liberação dos novos equipamentos, a Secretaria de Agricultura aproveitou pra ir procurar ajuda numa outra pasta: a de Obras, que também sofre com a falta de maquinários, mas tem realizado alguns serviços pontuais, em estradas que ficam mais próximas do perímetro urbano do município, como a que liga o Heimtal à Warta, na zona norte. A secretaria também acompanha a licitação que prevê a compra de restos da construção civil para a manutenção de trechos que precisam de moledamento. A empresa que vai fornecer o material já foi escolhida, mas a conclusão do processo só deve sair mesmo nos próximos meses.

Veja também
19/11/2018
Prédio do Ministério do Trabalho começa a ser reformado e atendimento é transferido temporariamente para a Agência do Trabalhador, no centro
O espaço tem problemas na estrutura, como rachaduras, infiltrações e defeitos na parte elétrica.
19/11/2018
Estão abertas as inscrições para cursos técnicos em escolas estaduais em 2019
As vagas são limitadas e os cadastros devem ser feitos no SINE nesta segunda e terça-feiras.
19/11/2018
Fórum CBN Londrina Ética nos Negócios traz à cidade a filósofa e pesquisadora Maria Clara Dias
A psicóloga e pós-doutora em filosofia é uma das convidadas do evento e ministra a palestra “Ética e convivência no mundo da tecnologia.”
19/11/2018
Fórum CBN Londrina Ética nos Negócios traz à cidade o filósofo Clóvis de Barros Filho
Doutor e Livre Docente pela Escola de Comunicações e Artes da USP, Barros Filho vai ministrar a palestra “Ética, valor e complexidade”.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.