Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 14/01/2019 às 06:46:00
Empresas têm até a próxima semana para apresentar propostas na licitação do transporte coletivo
CMTU pretende abrir os envelopes do processo ainda este mês. Para prefeito Marcelo Belinati, certame pode ajudar a reduzir o valor da passagem de ônibus em Londrina.

A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização retomou o processo de licitação do transporte coletivo na última sexta-feira, depois da derrubada da liminar do Tribunal de Contas do Estado, e, agora, espera pela apresentação das propostas por parte das empresas interessadas. Segundo o prefeito Marcelo Belinati, elas têm nove dias, desde sexta, para entregar os envelopes com as propostas na CMTU, mesmo prazo que tinham quando o certame acabou suspenso no último dia 20 de dezembro. Ou seja, a CMTU deve abrir os envelopes na próxima segunda-feira, dia 21 de janeiro.

Mesmo com a prorrogação do atual contrato por até seis meses, o município quer concluir a licitação o quanto antes. A ideia é fechar o mês de janeiro já com as novas empresas escolhidas. A possibilidade de mudança é grande porque tanto Grande Londrina como Londrisul já informaram que não pretendem participar da licitação.

Belinati ressalta a importância do certame para transformar um sistema que, segundo ele, nunca passou por mudanças. O prefeito destaca que o atual contrato prioriza o lucro das empresas, e que os novos termos, previstos no processo de licitação, podem fazer com que o valor da passagem de ônibus, atualmente em R$ 4,25, caia em Londrina.

O prefeito também acredita que, apesar de todos os questionamentos por parte da TCGL, o processo de licitação não vai enfrentar mais problemas ou impedimentos daqui pra frente.

Veja também
26/06/2019
MPF expede recomendação para que Econorte retome serviços em duas rodovias da região
Documento se baseia em decisão da Justiça Federal e multa do DER por descumprimento de cronograma.
26/06/2019
Ministério Público pede prorrogação para mais 90 dias do monitoramento eletrônico de Rony Alves
O prazo para que o vereador afastado use tornozeleira eletrônica terminou nesta quarta-feira.
26/06/2019
Avenida Soiti Taruma fica interditada a partir desta quinta-feira
Secretário de Obras diz que construção de ponte foi a melhor solução para o trânsito e as enchentes na região.
26/06/2019
Comissão das Clínicas Psiquiátricas ouve vereador e assistente social
João Martins e a filha, Greice Kelle de Souza, são citados em depoimentos prestados ao Ministério Público por funcionários e ex-funcionários das duas instituições investigadas.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.