Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 04/12/2018 às 14:40:00
DER interdita parcialmente PR 445 nesta quarta-feira para a colocação de vigas
Esta prevista uma nova interdição para o dia 14, quando via ficará totalmente fechada no período da tarde para as obras de duplicação da estrada.
DER interdita parcialmente PR 445 nesta quarta-feira para a colocação de vigas

Para dar continuidade nas obras de duplicação da PR-445 entre Londrina e o distrito de Irerê, nesta quarta-feira, o trecho entre os quilômetros 64 e 65 será bloqueado (por alguns momentos) para a instalação das vigas para a construção de uma ponte, nos ribeirões Cafezal e Três Bocas. O superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Sérgio Selvaticci informa que a interdição da pista começa às 8h e vai até às 13h.  

Uma nova interdição na PR-445 está programada para o dia 14 de dezembro, sexta-feira da próxima semana. Desta vez, o bloqueio será total no trecho entre os quilômetros 61 e 63, das 13h às 17h. O bloqueio total é perto do posto de combustíveis Filhão e a pedreira Expressa.

Segundo o superintendente, a orientação é que os motoristas fiquem atentos e se puderem, que procurem rotas alternativas, principalmente no dia 14.

A obra em execução consiste na duplicação de 15km da PR 445, entre Londrina e o Distrito de Irerê. O investimento do governo do estado é de R$ 93 milhões. Os trabalhos estão em fase de terraplenagem e drenagem. A expectativa é que a obra dure dois anos.

Veja também
23/04/2019
Prefeitura ainda terá que abrir processo licitatório fechar a cratera no conjunto Neymann Sahyun
A intenção no início do ano era contratar emergencialmente uma empresa para tapar o buraco, mas a obra é maior do que o esperado e será preciso licitar.
23/04/2019
Projeto que altera cálculos de horas extras de servidores vai ser melhor discutido
A proposta que altera o Estatuto do Servidor Municipal foi questionada pelo Sindicato da categoria.
23/04/2019
Parceria com UEL vai formar Núcleo de Apoio Técnico ao Poder Judiciário
A intenção é que os trabalhos iniciem em dois meses e deve agilizar sentenças de solicitações a medicamentos que não estão disponíveis no SUS.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.