Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 14/05/2018 às 19:48:00
Depois de ser questionado pelo Observatório de Gestão Pública, Edital de licitação para pavimentação da estrada Guairacá foi aberto ontem
A previsão é encerrar essa primeira fase até a próxima semana.

Cinco empresas participaram da primeira fase da licitação para colocação das chamadas pedras poliédricas, feita com pedras irregulares, na estrada Guairacá. Uma sexta empresa chegou atrasada e não pôde participar do processo.

De acordo com o Secretário de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, nesta primeira fase de modalidade concorrência pública, serão avaliadas os documentos das empresas habilitadas.

O edital tinha sido questionado pelo Observatório de Gestão Pública que considerou estranha a inclusão do serviço de drenagem, o que elevou o preço da obra em cerca de 1 milhão e 300 mil reais. O serviço não estava previsto no edital de 2015 porque a obra seria executada pela Secretaria de Agricultura. Por falta de pessoal, de equipamentos e outras demandas em 2016, o contrato acabou rescindido e a obra foi suspensa.

As empresas que nãoforem consideradas habilitadas no processo, terão prazo de cinco dias para apresentar recurso, caso contrário, os envelopes de preços poderão ser abertos ainda na semana que vem. O secretário de gestão pública acredita que o processo vai caminhar dentro do previsto para execução do serviço.

O valor máximo da obra, que tem 6 quilômetros e meio é de pouco mais de 3 milhões e 300 mil reais.O governo do Estado entra com 1,5 milhão e a Prefeitura com 1 milhão e 800 mil reais.

Veja também
17/07/2018
Sem chuva há mais de um mês, Londrina entra em estado de atenção por conta da baixa umidade relativa do ar
Índice está bem abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Com tempo seco, cuidado com a saúde precisa ser redobrado.
17/07/2018
Após divulgação de conversa, advogados de defesa da Comissão Processante da ZR3 pedem investigação contra vereador Filipe Barros
Mensagens mostram que assessor do parlamentar sabia que Rony Alves e Mário Takahashi iriam ser alvos de operação do Ministério Público meses antes de caso vir à tona.
17/07/2018
Mudanças na Lei Estadual de Inovação podem ajudar Londrina a se tornar grande polo de tecnologia
Cidade é a principal do estado na criação de startups, que, depois das alterações, terão mais meios pra captação de recursos e investimentos.
16/07/2018
Ação Civil Pública quer retorno da educação integral para crianças de quatro anos da rede municipal
Ministério Público argumenta que mudança foi um retrocesso, já que retirou direitos já garantidos à população.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.