Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 13/03/2018 às 19:03:00
Delegado afirma que primeiras evidências indicam que disparo que matou rapaz na zona norte teria partido da arma de um dos três Guardas Municipais que atenderam a ocorrência
Corregedoria da Guarda Municipal acompanha o caso e armas dos três envolvidos já foram recolhidas.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de Matheus Ferreira, de 18 anos, na madrugada de domingo, na zona norte da cidade. Testemunhas dizem que Matheus Ferreira o jovem teria sido morto por disparos feitos a partir da arma de um Guarda Municipal que atendeu a ocorrência. Já os três agentes dizem que encontraram o rapaz já baleado e em seguida o colocaram na viatura e foram para o Hospital da Zona Norte.

O titular da delegacia de Homicídios de Londrina, delegado Ricardo Jorge, afirma que uma cápsula de pistola calibre 380 foi apreendida e será periciada, assim como as armas e munições usadas pelos agentes e que já foram solicitadas à Guarda Municipal. Segundo o delegado, as primeiras evidências indicam que o disparo teria partido da pistola de um dos agentes municipais.

De acordo com o delegado de Homicídios, o boletim de ocorrência foi registrado pelos Guardas Municipais na Central de Flagrantes, ainda na madrugada de domingo. O inquérito deve ser concluído em 30 dias. Ricardo Jorge afirma que a equipe da delegacia ainda está levantando possíveis testemunhas entre as 40 pessoas que estavam no local. O delegado avalia que o caso não é complicado e pede que qualquer pessoa que tenha presenciado o crime procure a delegacia de Homicídios ou ligue para o Disque Denúncia da Polícia Civil.

A Corregedoria da Guarda Municipal já está acompanhando o caso. Segundo o secretário de Defesa Social, Evaristo Kuceki, tanto as armas funcionais dos Guardas Municipais quanto as particulares já foram recolhidas e as armas devem ser enviadas à Polícia Civil nos próximos dias. Para o secretário, os Guardas Municipais agiram corretamente ao levar o rapaz para o hospital na viatura.

Evaristo Kuceki afirma ainda que o procedimento de investigação interno deve ser aberto pela Corregedoria da Guarda nos próximos dias e tem um prazo de 90 dias, prorrogáveis por mais 90, para ser concluído.

Veja também
28/05/2018
Governo anuncia fim da greve, mas caminhoneiros permanecem bloqueando estradas do Paraná e de outros estados
Presidente do Sindicato do Comércio Varejista diz que semana foi de muito prejuízo e que apesar disso o setor apóia a paralisação.
28/05/2018
Mesmo com a greve Hoftalon faz exames de graça para diagnóstico do glaucoma
Mais de 300 pessoas eram esperadas para atendimento no último sábado no Shopping Royal Plaza.
28/05/2018
Ministério Público ouve contribuintes que tiveram dados alterados por servidores municipais presos
No total, são mais de 50 pessoas beneficiadas de forma irregular. Algumas tiveram o IPTU anulado e outras pagaram menos imposto.
28/05/2018
Secretaria de saúde promete contratar mais médicos no segundo semestre
O chamamento deve acontecer nos próximos meses a pedido da promotoria de defesa da saúde pública.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.