Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 15/01/2018 às 01:08:00
Das 12 empresas selecionadas para disponibilizar uniformes escolares a estudantes da rede municipal de educação, apenas uma não apresentou as amostras e foi desclassificada do lote
Dois lotes de camisetas foram reprovados e outras empresas vão ser chamadas para oferecer o material.
Das 12 empresas selecionadas para disponibilizar uniformes escolares a estudantes da rede municipal de educação, apenas uma não apresentou as amostras e foi desclassificada do lote

Na última semana a prefeitura de Londrina recebeu as amostras das empresas que venceram a licitação para oferecerem mais de 290 mil peças de uniformes escolares aos alunos da rede municipal.

De acordo com o Secretário de Gestão Pública, Fábio Cavazoti, das 12 empresas apenas uma não apresentou a amostra.

Cavazoti ressalta que durante a amostra houve a participação do Observatório de Gestão Pública e técnicos experientes no setor de confecção para avaliarem as peças.

Ainda segundo Cavazoti, dois lotes de camisetas foram reprovados, a empresa de Londrina passou em outros lotes oferecidos e pode recorrer para se manter no certame com as camisetas. As empresas que apresentaram os uniformes aprovados também receberam algumas orientações de melhorias.

Das 12 empresas que participaram do certame, seis são de Londrina e as outras são de fora. A eliminada por não apresentar a amostra não é de Londrina.

Esse certame será homologado com mais de 260 mil peças, no total são 292 peças, mas como os lotes de camisetas precisarão ser reapresentados novos prazos vão correr para esses lotes, mas tudo dentro do previsto na licitação que deverá alcançar mais de R$ 5,4 milhões.                                                                    

Veja também
18/06/2018
Instituto de Pesos e Medidas fiscaliza radares móveis da CMTU
Fiscalização do órgão também vistoriou tacógrafos de mais de 300 caminhões, ônibus e vans, e dez motoristas foram multados.
18/06/2018
Suspeita de vantagem indevida para licença de pontos de food trucks leva vereador a questionar fiscalização pela prefeitura de Londrina
Denuncias chegaram a Câmara pelos próprios empresários do setor que não entendem como algumas pessoas passam à frente da lista de vagas da CMTU.
18/06/2018
Receita Estadual entrega documentação ao Ministério Público para apurar abusos nos reajustes dos combustíveis durante a greve dos caminhoneiros
Os donos de postos podem responder por crime contra a economia popular e as relações de consumo.
18/06/2018
Projeto nacional da Serasa traz caminhão itinerante para Londrina
Cidade tem quase um terço da população com algum tipo de inadimplência, número acima da média nacional. No caminhão, consumidor tem acesso a serviços como consulta do CPF, pontuação de crédito e o chamado Cadastro Positivo.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.