Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 15/08/2019 às 14:41:00
Coordenador estadual do Gaeco afirma que novas definições de abuso de autoridade podem prejudicar investigações
O projeto foi aprovado pela Câmara e como já passou pelo Senado, segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro.
Coordenador estadual do Gaeco afirma que novas definições de abuso de autoridade podem prejudicar investigações

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto que define em quais situações é configurado o crime de abuso de autoridade. Segundo o texto ele se configura quando se obtém provas por meio ilícito, na decisão por prisão sem amparo legal, na decretação de condução coercitiva sem antes intimar a pessoa a comparecer ao juízo, submissão do preso ao uso de algemas quando não há resistência à prisão, na invasão do imóvel sem determinação judicial e ao estender a investigação de forma injustificada. O texto prevê, em alguns casos, pena de prisão para promotores e juízes. O coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Leonir Batisti comenta a proposta. Na opinião dele, ela vai prejudicar as investigações.

Como a proposta já foi aprovada pelo Senado, vai seguir para sanção do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), e a deputada Bia Kicis (PSL-DF), os dois do partido de Bolsonaro, o presidente deverá vetar alguns pontos do texto aprovado.

Veja também
16/09/2019
Princípio de tumulto em delegacia de Ibiporã faz delegado manter alerta
No fim do mês passado mais de 40 detentos conseguiram fugir. A cadeia está hoje com 160 presos e tem capacidade para apenas 35.
16/09/2019
Operação conjunta faz pente fino em empresas de aviação agrícola do Norte Pioneiro
Foram vistoriados pátios de descontaminação, oficinas e até pistas de pouso e decolagem. Dos 20 aviões fiscalizados, 12 tiveram as atividades suspensas, 3 foram interditados e 1 foi apreendido.
16/09/2019
Professores aprovados em concurso querem saber se serão convocados para trabalhar nas cinco creches do Município que estão sendo construídas
Com promessa de entrega das unidades agora no segundo semestre e funcionamento já a partir de 2020, eles dizem que falta de informações vem trazendo insegurança para os profissionais.
16/09/2019
Proposta que altera marco regulatório do saneamento básico no país é discutido em reunião pública na OAB
Especialista diz que principal mudança em discussão no projeto de Lei é o estímulo à privatização do setor.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.