Londrina - AO VIVO
Momento de Fé:
Padre Marcelo Rossi
Ouvir
Publicado em 12/03/2018 às 19:47:00
Câmara pede informações sobre andamento das obras do Arco Leste
Prefeitura tem 15 dias para responder os questionamentos feitos pelo vereador Vilson Bittencourt.
Câmara pede informações sobre andamento das obras do Arco Leste

O vereador Vilson Bittencourt pediu informações à prefeitura sobre as obras do Arco Leste em Londrina. O objetivo dele é saber como está o andamento do cronograma de execução do projeto, que engloba cinco lotes. Além disso, ele quer saber qual o custo de cada lote.

O vereador diz que, de todos os lotes, o que mais o preocupa é o 3, porque passa pelo jardim Aragarça. A idéia é que o trajeto passe pela avenida Robert Kock, evitando que a via passe pelo fundo de vale do bairro, que possui várias nascentes.

A prefeitura tem 15 dias para responder os questionamentos feitos pelo vereador. O prazo começou a contar na quinta-feira passada e é prorrogável para mais duas semanas.

O chamado Arco Leste é dividido em lotes e, quando concluído na totalidade, vai ofertar um caminho alternativo para quem sai da zona sul com destino às zonas leste e norte. O lote 5 compreende a avenida Waldemar Spranger e rua Albânia; e rua Charles Lindemberg à avenida das Américas é o lote 4. Já o lote 1 vai abrir caminho da avenida dos Pioneiros à marginal sul da BR-369, inclusive com necessidade de um viaduto para ultrapassar a rede ferroviária do local. O lote 2 será uma via entre a avenida dos Pioneiros e a rotatória da UFPR. E o lote 3, considerado o mais complicado, promoverá a ligação entre a avenida José Ventura e a avenida Robert Koch.

Veja também
22/10/2018
Verão vai ser de chuva acima da média e temporais ainda mais intensos que os da semana passada, por causa do “El Niño”
Especialista diz que é cada vez mais difícil prever a intensidade das chamadas tempestades de verão e atribui boa parte do problema à derrubada das florestas do estado.
22/10/2018
Investigação de morte de servidora do HU de Londrina ainda é tratada em sigilo
Lucélia Pires Ferreira de 56 anos foi encontrada morta na represa Capivara, no início desse mês, um dia depois de ter sido dada como desaparecida pela família.
22/10/2018
Prefeitura faz leilão de bens nesta terça-feira
Expectativa é arrecadar mais de R$ 400 mil com os 143 lotes, que têm desde caminhões até sucatas de equipamentos como motores e bombas.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.