Londrina - AO VIVO
Momento de Fé:
Padre Marcelo Rossi
Ouvir
Publicado em 11/06/2018 às 16:51:00
Caapsml faz aditivo em contrato para reforçar marquise da entrada principal
A estrutura está escorada por madeiras e terá que ser refeita para garantir a segurança de quem entra no prédio, que está sendo reformado desde o ano passado.
Caapsml faz aditivo em contrato para reforçar marquise da entrada principal

A Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensões dos Servidores Municipais de Londrina (Caapsml) vai fazer um aditivo ao contrato com a empresa responsável pela reforma do prédio. O superintendente Marco Antonio Bacarin explica que durante as obras foi identificado um problema na marquise da porta de entrada. Como esse reparo não estava previsto no projeto inicial, teve que ser acrescentado um pedido de reforço da estrutura. Há semanas, a marquise está escorada por madeiras.

Fora o imprevisto da marquise, o superintendente acredita que o restante da obra termina no tempo previsto, que é final deste mês. A reforma inclui a implantação do sistema de ar condicionado, a troca de todo o telhado, além de janelas, pisos e outros serviços.

As obras, que começaram em junho do ano passado, também prevêem melhorias na acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e será custeada com recursos próprios da Caapsml. O investimento é de quase R$ 5 milhões e 700 mil.

A Caaspml foi criada em 1956 e é responsável pela administração do plano de previdência e do plano de saúde dos servidores públicos municipais, que atende atualmente, entre titulares e dependentes, cerca de 12 mil pessoas.

Veja também
22/10/2018
Verão vai ser de chuva acima da média e temporais ainda mais intensos que os da semana passada, por causa do “El Niño”
Especialista diz que é cada vez mais difícil prever a intensidade das chamadas tempestades de verão e atribui boa parte do problema à derrubada das florestas do estado.
22/10/2018
Investigação de morte de servidora do HU de Londrina ainda é tratada em sigilo
Lucélia Pires Ferreira de 56 anos foi encontrada morta na represa Capivara, no início desse mês, um dia depois de ter sido dada como desaparecida pela família.
22/10/2018
Prefeitura faz leilão de bens nesta terça-feira
Expectativa é arrecadar mais de R$ 400 mil com os 143 lotes, que têm desde caminhões até sucatas de equipamentos como motores e bombas.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.