Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/06/2018 às 16:50:00
Caapsml aprova aposentadoria do servidor Ossamu Kaminagakura, investigado na operação ZR3
Mas, como ele está prestes a perder o cargo público, em decorrência de uma investigação interna da prefeitura, o pedido ainda não foi homologado.

O servidor público Ossamu Kaminagakura teve o pedido de aposentadoria aceito pela Caixa de Assistência, Aposentadoria e Pensões dos Servidores Municipais de Londrina (Caapsml). O superintendente Marco Antonio Bacarin explica que a solicitação foi feita no início de abril, quando ele ainda estava preso e atendeu a todas as exigências previstas pela previdência municipal.

Mas, a aposentadoria ainda não foi concedida ao servidor, porque depende de uma decisão da procuradoria jurídica do município. Kaminagakura está prestes a perder o cargo público na prefeitura, devido a uma decisão da Corregedoria Municipal. A punição é decorrente de irregularidades administrativas cometidas por ele. Ou seja, isso interfere diretamente no processo da aposentadoria.

Ossamu Kaminagakura é funcionário de carreira desde 1993. Mas, já havia trabalhado em outros empregos antes da prefeitura. Somou tudo e agora, tem direito a se aposentar com o valor integral do salário, ou seja, pouco mais de R$ 11 mil.

Ele foi solto na semana passada, depois de três meses preso pelos crimes de corrupção e organização criminosa. Ossamu está sendo monitorado por tornozeleira eletrônica e é alvo da operação ZR3, que investiga um esquema criminoso de corrupção envolvendo vereadores, servidores e empresários na alteração de zoneamentos na cidade.

Enquanto não sai a decisão da procuradoria jurídica e do prefeito Marcelo Belinati quanto ao futuro profissional do servidor, ele continua afastado do cargo e recebendo o salário como funcionário ativo.

Veja também
18/06/2018
Instituto de Pesos e Medidas fiscaliza radares móveis da CMTU
Fiscalização do órgão também vistoriou tacógrafos de mais de 300 caminhões, ônibus e vans, e dez motoristas foram multados.
18/06/2018
Suspeita de vantagem indevida para licença de pontos de food trucks leva vereador a questionar fiscalização pela prefeitura de Londrina
Denuncias chegaram a Câmara pelos próprios empresários do setor que não entendem como algumas pessoas passam à frente da lista de vagas da CMTU.
18/06/2018
Receita Estadual entrega documentação ao Ministério Público para apurar abusos nos reajustes dos combustíveis durante a greve dos caminhoneiros
Os donos de postos podem responder por crime contra a economia popular e as relações de consumo.
18/06/2018
Projeto nacional da Serasa traz caminhão itinerante para Londrina
Cidade tem quase um terço da população com algum tipo de inadimplência, número acima da média nacional. No caminhão, consumidor tem acesso a serviços como consulta do CPF, pontuação de crédito e o chamado Cadastro Positivo.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.