Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/09/2018 às 14:36:00
Assentados do Eli Vive fazem protesto em frente à prefeitura
Na lista de reivindicações, escolas, posto de saúde e estrada rural.
Assentados do Eli Vive fazem protesto em frente à prefeitura

Pessoas que vivem no assentamento Eli Vive, em Lerroville estão mobilizadas em frente à prefeitura de Londrina. O grupo, que chegou cedo ao prédio do executivo em seis ônibus, faz três principais reivindicações: a reforma das escolas do distrito, um posto de saúde e a construção de uma estrada rural. Segundo o representante do movimento, Jauri Dias, são 107 km de via para acesso ao assentamento. Vivem no local, mais de 3000 pessoas, cerca de 500 famílias do Movimento Sem Terra (MST).

Segundo o representante, eles só desocupam a praça em frente à prefeitura, depois de conversar com o prefeito e com outros órgãos. Além das reivindicações de responsabilidade do município, eles pedem também uma escola estadual e melhores condições de moradia.

O chefe de gabinete Marcos Urbaneja promete atender os representantes do movimento e tentar resolver essas questões. Ele disse também que o município vai ajudar a reunir os demais órgãos, como o estado, o INCRA e o Ministério Público (MP) para discutir a pauta de reivindicações do grupo.

Ainda de acordo com a liderança dos assentados, estão na frente da prefeitura, cerca de 400 pessoas. Eles já montaram acompanhamento, levaram fogão, comida e colchões para se manter em vigília.

Veja também
12/11/2018
Prefeitura encaminha à Câmara projeto de lei para simplificar licenciamento de obras
Segundo o Executivo, hoje mais de 2 mil processos de projetos estão na fila aguardando aprovação.
12/11/2018
Sema suspeita de incêndio criminoso na Fazenda Refúgio
O local estava sendo usado como depósito de galhos e troncos das árvores recolhidas depois dos temporais.
12/11/2018
Secretaria de Cultura de Londrina recebe inscrição de cinco projetos de Carnaval para 2019
No total serão disponibilizados no total até R$ 260 mil.
12/11/2018
Comissão de Infraestrutura cobra projetos de duplicação da PR-445 até Mauá da Serra
E espera até 30 de novembro os valores para os três grandes projetos das obras do Aeroporto que serão subdivididos.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.