Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 12/09/2018 às 14:36:00
Assentados do Eli Vive fazem protesto em frente à prefeitura
Na lista de reivindicações, escolas, posto de saúde e estrada rural.
Assentados do Eli Vive fazem protesto em frente à prefeitura

Pessoas que vivem no assentamento Eli Vive, em Lerroville estão mobilizadas em frente à prefeitura de Londrina. O grupo, que chegou cedo ao prédio do executivo em seis ônibus, faz três principais reivindicações: a reforma das escolas do distrito, um posto de saúde e a construção de uma estrada rural. Segundo o representante do movimento, Jauri Dias, são 107 km de via para acesso ao assentamento. Vivem no local, mais de 3000 pessoas, cerca de 500 famílias do Movimento Sem Terra (MST).

Segundo o representante, eles só desocupam a praça em frente à prefeitura, depois de conversar com o prefeito e com outros órgãos. Além das reivindicações de responsabilidade do município, eles pedem também uma escola estadual e melhores condições de moradia.

O chefe de gabinete Marcos Urbaneja promete atender os representantes do movimento e tentar resolver essas questões. Ele disse também que o município vai ajudar a reunir os demais órgãos, como o estado, o INCRA e o Ministério Público (MP) para discutir a pauta de reivindicações do grupo.

Ainda de acordo com a liderança dos assentados, estão na frente da prefeitura, cerca de 400 pessoas. Eles já montaram acompanhamento, levaram fogão, comida e colchões para se manter em vigília.

Veja também
18/01/2019
Ex-chefe regional do IAP assume a Secretaria de Agricultura e Abastecimento de Londrina
Ronaldo Deber Siena toma posse do cargo nesta segunda-feira.
18/01/2019
Gaeco pede que Mário Takahashi e Rony Alves continuem longe da Câmara de Vereadores
Promotor afirma que presença dos dois no Legislativo pode atrapalhar a instrução processual e cita suposta coação de Rony Alves a testemunha da Operação ZR3 e que acabou levando o vereador para a prisão.
18/01/2019
UEL abre inscrições para moradia estudantil e gratuita no campus
Estudantes de baixa renda de fora de Londrina podem concorrer a uma das 82 vagas. Além de uma vaga na moradia, alunos também podem solicitar a chamada bolsa permanência, de R$ 300 mensais.
18/01/2019
Resultado do Vestibular 2019 da UEL já está disponível no site da Cops
Nesta primeira chamada, 2.456 estudantes foram convocados pela universidade, sendo 1.324 mulheres e 1.132 homens. Do total de vagas, mais de 1.300 estão sendo ofertadas por meio do sistema de cotas.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.