Londrina - AO VIVO
:
Ouvir
Publicado em 11/02/2019 às 06:38:00
38 casos de Febre Amarela são investigados no Paraná
Apesar dos casos registrados na região de Curitiba, em Londrina não há indícios da doença. Mas, secretaria municipal de saúde alerta para importância de manter a vacinação em dia.
38 casos de Febre Amarela são investigados no Paraná

O último boletim da Secretaria de Estado de Saúde confirmou mais dois casos de febre amarela no Paraná. Os pacientes com a doença são de Adrianópolis, município da RMC (Região Metropolitana de Curitiba). Isto é, fica na cidade que faz divisa com o Estado de São Paulo onde há surto da doença. Ainda segundo o boletim, são 38 casos investigados no Paraná.

Segundo a diretora de vigilância em saúde da secretária municipal de saúde de Londrina, Sônia Fernandes, não há casos suspeitos na cidade. Mas, há um alerta principalmente para quem está se deslocando para o litoral do Paraná e para estados em situação crítica.  A orientação é buscar a vacinação que está no calendário a partir das crianças acima de nove meses. 

Apesar da situação tranqüila, a equipe de saúde mantém vigilância com a Secretaria de Meio Ambiente para monitorar os macacos que também podem ser alvos da febre amarela, apesar de não transmitirem aos humanos.

A secretaria de saúde orienta a todos os usuários que não estão com a vacina contra a doença em dia que procure qualquer unidade de saúde.

Veja também
16/09/2019
Princípio de tumulto em delegacia de Ibiporã faz delegado manter alerta
No fim do mês passado mais de 40 detentos conseguiram fugir. A cadeia está hoje com 160 presos e tem capacidade para apenas 35.
16/09/2019
Operação conjunta faz pente fino em empresas de aviação agrícola do Norte Pioneiro
Foram vistoriados pátios de descontaminação, oficinas e até pistas de pouso e decolagem. Dos 20 aviões fiscalizados, 12 tiveram as atividades suspensas, 3 foram interditados e 1 foi apreendido.
16/09/2019
Professores aprovados em concurso querem saber se serão convocados para trabalhar nas cinco creches do Município que estão sendo construídas
Com promessa de entrega das unidades agora no segundo semestre e funcionamento já a partir de 2020, eles dizem que falta de informações vem trazendo insegurança para os profissionais.
16/09/2019
Proposta que altera marco regulatório do saneamento básico no país é discutido em reunião pública na OAB
Especialista diz que principal mudança em discussão no projeto de Lei é o estímulo à privatização do setor.
Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.